Preços de bicicletas sobem no Japão

Tanto o fornecimento quanto a demanda estão empurrando os preços de bicicletas lá para cima.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma bicicleta da Tokyobike à mostra (banco de imagens)

Quando a Bridgestone Cycle anunciou no mês passado que aumentaria os preços pela 1ª vez em 3 anos – em até 11% para modelos convencionais e em até 5% para os elétricos – pessoas inteiradas com a indústria foram pegas de surpresa.

Muitas empresas no Japão têm resistido a aumentos de preços, temendo afastar clientes em meio a décadas de deflação. Mas como a mudança no estilo de vida pelo coronavírus causou um aumento na demanda por bicicletas, mais atuantes na indústria também estão seguindo a tendência.

A Bridgestone pode ser um dos maiores nomes do Japão a entrar na tendência, mas não é a primeira. A Asahi aumentou os preços em cerca de 70% de sua mercadoria em 5% a 7% no fim de fevereiro. A Tokyobike subiu os valores em agosto, enquanto a grande fornecedora de peças Shimano cobrou mais em certos envios com início em julho.

Ao primeiro olhar, essa mudança parece ser decorrente primariamente de questões relacionadas ao fornecimento. Aço inoxidável e alumínio, usados amplamente em armações, pedais e componentes de bicicletas, estão variando a altas históricas.

Medidas de distanciamento social, lockdowns pelo coronavírus e escassez de energia também apertaram a produção de bicicletas e seus componentes na Ásia.

Mas a demanda está aumentando também, visto que a pandemia muda como consumidores no Japão se locomovem e comem.

Mais pessoas evitam locais fechados e aglomerados como trens em horas de pico onde o coronavírus poderia se espalhar facilmente, optando pode se locomover de bicicleta.

Horários de funcionamento reduzidos de restaurantes e outras restrições da Covid-19 também alimentaram o aumento de serviços de entrega no Japão, principalmente em grandes cidades. Muitos entregadores usam bicicletas como seus veículos de escolha.

Fonte: Asia Nikkei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Tailândia reabre para turistas internacionais completamente vacinados

Publicado em 1 de novembro de 2021, em Ásia

A Tailândia reabriu nesta segunda-feira (1º) para turistas completamente vacinados de 63 países e regiões, incluindo o Japão, sem quarentena.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Turista internacionais completamente vacinados podem entra na Tailândia sem quarentena (NHK)

A Tailândia começou a permitir a entrada de turistas internacionais vacinados sem exigir quarentena na chegada.

O país no Sudeste Asiático reabriu nesta segunda-feira (1º) para turistas de 63 países e regiões, incluindo o Japão. Isso faz parte das medidas para reconstruir a economia do país que foi duramente prejudicada pela pandemia.

O governo tailandês suspendeu exigências de quarentena para viajantes que foram completamente vacinados e têm um resultado negativo de teste PCR (reação em cadeia da polimerase). O viajantes também serão submetidos a um teste PCR na chegada ao país.

Em um aeroporto fora da área da capital de Bangkok, turistas que chegaram do exterior tiveram suas temperaturas aferidas e resultados de teste negativo verificados.

Um homem de 35 anos da Alemanha disse que foi bom entrar no país sem ter que passar por quarentena e que gostaria de desfrutar das comidas saborosas e praticar mergulho.

A Tailândia impôs restrições rigorosas sobre a entrada de visitantes do exterior desde março de 2020 quando as infecções por coronavírus começaram a se espalhar. Entretanto, o número deste ano chegou a apena 85 mil até o fim de setembro.

As indústrias do turismo e de restaurantes têm altas expectativas para a reabertura, contudo, uma recente pesquisa realizada por uma universidade tailandesa mostra que 6 entre 10 pessoas acreditam que a ação deveria ser adiada.

Muitas pessoas estão preocupadas com o fato da Tailândia ainda estar registrando mais de 8 mil casos de coronavírus diariamente.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Banco do Brasil - Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades