Primeiro caso conhecido de Covid-19 foi vendedora em mercado de animais em Wuhan

Segundo nova análise, o 1º caso confirmado de Covid-19 sintomática pode ser rastreado a uma vendedora de frutos do mar em um mercado de Wuhan.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada do Mercado de Frutos do Mar de Huanan em Wuhan (NHK)

O primeiro caso confirmado de Covid-19 sintomática pode ser rastreado a uma vendedora de frutos do mar em um mercado de Wuhan, na China, de acordo com nova análise.

O estudo afirma que a primeira paciente trabalhava no mercado de animais vivos de Huanan na cidade chinesa e começou a ficar doente em 11 de dezembro de 2019.

Michael Worobey, especialista em vírus da Universidade do Arizona, afirma no estudo que um foco de casos sintomáticos iniciais no Mercado de Huanan – especialmente na área oeste onde cães-guaxinim (que são suscetíveis a coronavírus) ficam em gaiolas – “oferece uma forte evidência da origem da pandemia em um mercado de animais vivos”.

Crucialmente, o estudo diz, “o agora primeiro caso famoso de Covid-19, um contador de 41 anos, que morava a 30Km ao sul do Mercado de Huanan e não teve conexão com ele – com o início da doença reportado em 8 de dezembro de 2019 – parece ter ficado doente com coronavírus consideravelmente depois.

“Quando entrevistado, ele relatou que seus sintomas de Covid-19 começaram com febre em 16 de dezembro. A doença de 8 de dezembro foi um problema dentário. Ele acredita que pode ter sido infectado em um hospital (presumivelmente durante sua emergência dentária) ou no metrô durante seu trajeto.

O biólogo evolucionário explica em seu estudo, publicado no jornal Science, que “o início dos sintomas desse paciente ocorreu após vários casos em trabalhadores no Mercado de Huanan, tornando a vendedora do local o primeiro caso conhecido, com o início da doença em 11 de dezembro”.

O estudo detalha como autoridades abordaram uma série de casos misteriosos de pneumonia em hospitais de Wuhan no fim de dezembro após descobrirem que vários pacientes que haviam sido submetidos a tomografia tinham as mesmas lesões incomuns em seus pulmões.

Ao mesmo tempo, autoridades da saúde pública na China foram alertadas para os casos, e até 1º de janeiro de 2020, o Mercado de Huanan havia sido fechado e desinfetado.

No início deste ano, a Organização Mundial da Saúde – OMS enviou uma equipe de especialistas para investigar o que pode ter causado a pandemia de coronavírus, a qual matou mais de 5 milhões de pessoas no mundo até agora.

Em sua análise, publicada em março, a equipe da OMS concluiu que o vírus provavelmente passou de animais para humanos e eles descreveram que a possibilidade de um vazamento de laboratório era “extremamente improvável”.

Fonte: The Independent

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Menino vai ao koban denunciar pai espancando a mãe

Publicado em 19 de novembro de 2021, em Crime

O filho do casal foi pedir socorro no koban, por isso o pai foi preso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Prédio onde ocorreu a tentativa de assassinato (FNN)

Por volta das 20h de quarta-feira (17) um menino, estudante do primário, foi até o posto policial – koban em japonês – para pedir socorro à sua mãe que estava sendo espancada pelo pai.

O preso foi o japonês 高橋正義, dono de um restaurante em Numazu (Shizuoka), sob suspeita de tentativa de homicídio. Teria tentado matar a esposa batendo as costas, usando martelo.

Ela foi socorrida e levada ao hospital, mas não corre risco de vida. 

Segundo a polícia, a família é de 3 pessoas, e o pai foi preso porque o filho foi correndo para o koban que fica a cerca de 200 metros da residência. 

Na delegacia, o japonês teria admitido dizendo que “perdi o controle e a espanquei”. 

A polícia está investigando a situação no momento e as circunstâncias do crime.

Fontes: FNN e TV Shizuoka

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Info para brasileiros de Mie-ken
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades