Tarifas atrativas para voar a partir de 3 aeroportos, incluindo Centrair

Há passagem de um trecho pelo valor de 4,5 mil ienes na promoção da LCC Solaseed.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa da aeronave Boeing da Solaseed (Wikimedia)

A LCC-low cost carrier Solaseed Air criou uma promoção de voos com tarifas atrativas, a partir dos aeroportos de Haneda (Tóquio), Centrair (Aichi) e Naha (Okinawa).

Publicidade

É uma oportunidade para conhecer novos lugares, ver paisagens diferentes, saborear a gastronomia local e se divertir!

Em geral o valor das passagens desses trechos pode passar de 40 mil ienes, mas com essa promoção, cai para a partir de 4 mil ienes.

Para desfrutar do Solaseed Special as reservas serão aceitas somente a partir da página web da companhia aérea. E o pagamento deverá ser feito no mesmo dia.

Os voos e tarifas que partem de Haneda são:

  • Naha/Okinawa por 5,4 mil ienes
  • Kagoshima por 6,2 mil ienes
  • Miyazaki, Kumamoto, Nagasaki ou Oita por 6,5 mil ienes

Os voos e tarifas que partem do Centrair ou Chubu, são:

  • Kagoshima por 4,5 mil ienes
  • Miyazaki por 8,8 mil ienes

Os voos e tarifas que partem de Naha são:

  • Fukuoka e Ishigaki por 3,9 mil ienes
  • Centrair ou Kobe por 4,5 mil ienes
  • Miyazaki ou Kagoshima por 9,5 mil ienes

O prazo para fazer as reservas é até 23h59 de 9 de dezembro, quinta-feira. A taxa de utilização do aeroporto é cobrada separadamente.

O período para desfrutar da viagem é entre 25 de dezembro de 2021 a 26 de março de 2022.  

Para fazer a reserva na página toque aqui.

Fonte: divulgação

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Variante ômicron da Covid-19 é detectada em mais países

Publicado em 29 de novembro de 2021, em Notícias do Mundo

A detecção da ômicron causou alarme global enquanto governos no mundo se apressam para impor novas restrições de viagem.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Conceito de mutação co coronavírus (ilustrativa/banco de imagens)

A variante ômicron do coronavírus se espalha pelo mundo no domingo (28) com novos casos detectados na Holanda, Dinamarca e Austrália mesmo com mais países impondo restrições de viagem para tentar impedir sua entrada.

Publicidade

A Organização Mundial da Saúde – OMS disse que ainda não está claro se a ômicron, detectada pela primeira vez no sul da África, é mais transmissível do que outras variantes, ou se ela causa doença mais grave.

“Dados preliminares sugerem que há taxas crescentes de hospitalização na África do Sul, mas isso pode ser devido ao grande número geral de pessoas se infectando, ao contrário de uma infecção específica”, disse a OMS.

A detecção da ômicron causou alarme global enquanto governos em todo o mundo se apressam para impor novas restrições de viagem, temendo que a variante possa ser resistente a vacinas e prejudicar uma reabertura econômica após a pandemia que já dura 2 anos.

Em sua declaração, a OMS disse que estava trabalhando com especialistas técnicos para compreender o impacto potencial da variante sobre contramedidas existentes contra a Covid-19, incluindo vacinas.

A ômicron, intitulada “variante de preocupação” na semana passada pela OMS, que é potencialmente mais contagiosa do que cepas anteriores, agora foi detectada na Austrália, Bélgica, Botsuana, Dinamarca, Alemanha, Hong Kong, Israel, Itália, Holanda e África do Sul.

Um médico sul-africano que foi um dos primeiros a suspeitar de uma cepa diferente do coronavírus, disse no domingo que os sintomas da ômicron eram até agora leves e poderiam ser tratados em casa.

A chefe da Associação Médica Sul-Africana, Angelique Coetzee, disse a Reuters que ao contrário da Delta, até agora os pacientes não reportaram perda de olfato ou paladar e não houve grande queda nos níveis de oxigênio com a nova variante.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância