China registra primeiro caso da variante ômicron do coronavírus

Aparição da variante altamente transmissível representa ameaça grave contra a estratégia zero-Covid da China.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

China continental tem seu primeiro caso de ômicron (ilustrativa/banco de imagens)

A China continental registrou seu primeiro caso da altamente transmissível variante ômicron do coronavírus na cidade de Tianjin, representando o que poderia ser a maior ameaça até o momento à estratégia zero-Covid do país.

Publicidade

Autoridades chinesas reportaram na segunda-feira (13) que o caso da ômicron foi detectado em 9 de dezembro em uma pessoa que voltou do exterior e não apresentou sintomas na chegada. Ela está sob quarentena, recebendo tratamento em um hospital designado.

Ao mesmo tempo, a província de Zhejiang vem lutando contra um aumento em novas infecções da variante delta nas últimas semanas.

Casos da ômicron – detectada pela primeira vez na África do Sul e nomeada “variante de preocupação” pela Organização Mundial da Saúde – até agora foram reportados em mais de 50 países.

Pelo menos uma pessoa morreu no Reino Unido infectada pela ômicron, disse Boris Johnson na segunda-feira.

Especialistas dizem que se não for controlada de forma apropriada, a variante poderia derrubar a estratégia de Pequim em conter completamente a pandemia.

Desde o ano passado, o método garantiu aos cidadãos chineses uma vida amplamente livre do vírus, mas ela também se deparou com críticas por alguns profissionais da área médica, os quais discutiram para que um plano alternativo coexista com o vírus, com suficiente taxa de vacinação.

Fonte: The Guardian

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Incêndio no caminhão capotado na via expressa

Publicado em 14 de dezembro de 2021, em Acidentes

O caminhão capotou por causa de peças caídas da carga de uma carreta e pegou fogo, com perda total. O motorista conseguiu sair sozinho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombeiros no combate às chamas (FNN)

Segundo informações da polícia, por volta das 9h20 de segunda-feira (13), um caminhão capotou na via expressa Higashi Kanto, entre a IC de Sakura e o PA de Shisui, na província de Chiba

Publicidade

O fogo começou na parte inferior do caminhão, levantando uma grande fumaça preta. Os bombeiros levaram cerca de uma hora para conter o incêndio que causou perda total.

A informação é de que o motorista, na faixa dos 70 anos, saiu sozinho da cabine e não sofreu nenhum ferimento aparente, mas se queixou de dor no pescoço, por isso, foi levado ao hospital.

A polícia informou que parte da carga de uma carreta caiu sobre o asfalto, atingindo dois carros de passeio e, em seguida, esse caminhão, o qual capotou e logo pegou fogo. 

O motorista da carreta que teve parte da carga jogada no asfalto foi ouvido pelos policiais para saber como as peças metálicas caíram.

O trecho onde ocorreu o acidente teve o tráfego interrompido por duas horas. 

Fontes: Chiba Nippo, ANN e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância