Covid-19: primeira morte registrada no Reino Unido pela variante ômicron

O primeiro-ministro Boris Johnson disse que as pessoas deveriam deixar de lado a ideia de que a ômicron era uma variante mais leve.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Pelo menos uma pessoa no Reino Unido morreu em decorrência da variante ômicron do coronavírus, disse o primeiro-ministro Boris Johnson.

Publicidade

Johnson disse que a nova variante também estava resultando em hospitalizações e que a “melhor coisa” que as pessoas poderiam fazer era tomar suas doses de reforço de vacina.

O secretário da saúde Sajid Javid disse que a ômicron agora representava 20% dos casos na Inglaterra.

No domingo (12), Johnson estabeleceu uma nova meta para que fosse oferecida a todos os adultos na Inglaterra uma dose de reforço até o fim do mês.

Na segunda-feira (13), Johnson disse que as pessoas precisavam reconhecer “o passo absoluto que a ômicron acelera através da população” e acrescentou que elas deveriam deixar de lado a ideia de que era uma variante mais leve.

O Reino Unido registrou 54.661 novos casos de coronavírus desde a segunda-feira, assim como 38 mortes dentro de 28 dias de um resultado positivo.

4.713 casos confirmados da ômicron, disse Javid.

A ômicron aumentou para mais de 44% dos casos em Londres e a variante de coronavírus deve se tornar a dominante na cidade nas próximas 48 horas, disse ele.

Fonte: BBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Mais 4 casos da variante ômicron da Covid-19 são confirmados no Japão

Publicado em 14 de dezembro de 2021, em Sociedade

Os 4 novos casos de ômicron foram anunciados na segunda-feira (13), levando o número total confirmado no Japão para 17.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mutação do coronavírus (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão confirmou mais 4 casos de infecção pela variante ômicron do coronavírus entre chegadas no país.

Publicidade

Os 4 novos casos foram anunciados na segunda-feira (13), levando o número total de ocorrências de ômicron confirmadas no Japão para 17.

Funcionários do Ministério da Saúde dizem que os 4 indivíduos testaram positivo para coronavírus na chegada ao aeroporto entre 6 e 9 de dezembro.

Análises adicionais de suas amostras coletadas pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas confirmaram que eles tinham contraído a ômicron.

Os 4 são um homem na faixa dos 40 anos que chegou ao Aeroporto de Narita na segunda-feira (6) após ficar na Nigéria, uma mulher na faixa dos 20 que desembarcou no Aeroporto de Kansai na quarta-feira (8) após ficar nos EUA, um homem na faixa dos 30 que chegou ao Aeroporto de Narita também na quarta-feira após estada no Quênia, e um homem na faixa dos 20 anos que desembarcou no Aeroporto de Haneda na quinta-feira (9) dos EUA.

Segundo o ministério, todos os 4 estão recebendo tratamento em instalações médicas e em outros locais.

Três deles haviam sido vacinados com duas doses da Pfizer e estão assintomáticos.

Funcionários do ministério estacam verificando se a pessoa restante foi vacinada.

Havia cerca de 350 outros passageiros nos mesmos voos que os 4 infectados e essas pessoas estão sendo consideradas como tendo contato próximo com eles.

Eles dizem que os passageiros terão que ficar de quarentena em acomodações por 14 dias.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância