Dois trabalhadores soterrados são retirados mortos

Os bombeiros trabalharam mais de 7 horas para retirar dois operários soterrados na areia e cascalho de uma fábrica de concreto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bombeiros na fábrica onde ocorreu o acidente (NHK)

Por volta das 10h15 da terça-feira (14) entrou uma ligação no 119 pedindo socorro para dois trabalhadores submersos na areia e cascalho, da fábrica de concreto, na província de Nara.

Publicidade

O acidente foi na empresa Nara Ikoma Nama Con, em um silo de 10 metros de altura e 5 metros de diâmetro. Segundo a polícia, os dois operários caíram dentro do silo quando estavam instalando a escada, com solda, desde as 8h30.

O silo do local possui uma estrutura na qual a areia e cascalhos são colocados na parte superior, por uma esteira transportadora. Depois de triturados são descarregados de baixo para fora. No momento do acidente, havia metade de areia. 

Os bombeiros levaram 7 horas e meia para a atividade de resgate, e quando conseguiram retirá-los, já estavam mortos

As vítimas são 竹井潔, 70, e 太田孝志, 78 anos. A polícia da província está investigando sob suspeita de morte por acidente de trabalho.

Fontes: FNN, JNN, Sankei, NHK e Asahi 

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão está com dificuldades para disponibilizar espaço de quarentena

Publicado em 15 de dezembro de 2021, em Sociedade

Algumas pessoas foram forçadas a irem de avião para outras áreas no Japão com o propósito de isolamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Está faltando espaço para acomodar pessoas do exterior na quarentena (ilustrativa/banco de imagens)

Autoridades no Japão estão enfrentando dificuldades em disponibilizar espaço suficiente para pessoas que retornam do exterior. Controles de fronteira rigorosos estão em vigor devido à variante ômicron do coronavírus, mas quartos de hotel para isolamento estão escassos.

Publicidade

Desde a terça-feira (14), somente cidadãos japoneses e residentes estrangeiros que retornam estão tendo entrada permitida ao país. Pessoas que vêm de países e territórios onde casos da variante ômicron foram confirmados devem passar por quarentena de 3 a 10 dias em instalações designadas.

Contudo, as taxas de ocupação de quartos nos dois principais aeroportos internacionais na área de Tóquio aumentaram. Algumas pessoas foram forçadas a irem de avião para outras regiões com o propósito de isolamento.

Yuzuru Kanda é um caso em questão. Ele chegou ao Aeroporto de Narita na terça-feira passada após um voo de 11 horas da Califórnia. Após a aterrissagem ele já voltou para o ar novamente em direção a uma cidade a cerca de 940Km de distância.

“Eles disseram que os hotéis perto de Tóquio estavam todos lotados, então tivemos que ser transferidos para um outro lugar distante. Eles então anunciaram que iríamos para a cidade de Fukuoka. Fiquei chocado. Nunca esperava ser mandado para tão longe”, disse Kanda.

O governo garantiu 13 mil quartos para quarentena. Mesmo assim, dúvidas crescem sobre se isso é suficiente porque muito mais japoneses devem retornar no período de Ano Novo.

Um especialista em virologia disse que a ômicron já encontrou uma via de saída dos controles de fronteira e está se espalhando entre a comunidade.

A variante foi detectada pela primeira vez no Japão há duas semanas na quarentena de aeroporto. Dados mostram que as cepas alpha e delta estavam se espalhando três semanas após detecção.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância