Japão está em alerta com a propagação da variante ômicron

A maioria das infecções está sendo confirmada entre passageiros de voos que vêm do exterior.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

No Japão, a variante ômicron do coronavírus está fazendo com que autoridades se preparem para o cenário de pior caso. A cepa agora foi identificada em 14 províncias.

Publicidade

Autoridades confirmaram 58 infecções por ômicron a nível nacional, as quais incluem casos em Tóquio, Osaka, Quioto, Fukuoka e Aichi.

A maioria das infecções está sendo confirmada entre passageiros de voos que vêm do exterior. Autoridades da saúde estão enfrentando dificuldades em rastrear o movimento de milhares de companheiros de viagem considerados contatos próximos dessas pessoas.

O governo está solicitando que contatos próximos fiquem em hotéis designados por duas semanas e realizem testes PCR a cada poucos dias.

Alguns que precisam cuidar de crianças ou de outros membros da família têm permissão para ficar em casa, entretanto, precisam realizar o mesmo número de testes PCR que fariam se estivessem em instalações designadas. Eles devem apresentar suas amostras a autoridades da saúde que vão as suas casas.

O crescente número de contatos próximos de ômicron está aumentando a pressão sobre centros de saúde pública.

“Já temos em nossas mãos muitos contatos próximos. Não seremos capazes de gerenciar se a transmissão comunitária aumentar”, disse Migiko Takanohashi do Centro de Saúde de Shinagawa.

Enquanto isso, o governo deve entregar o medicamento oral contra Covid-19, o molnupiravir, a hospitais designados pelas províncias. Equipes médicas devem começar a administrá-lo após a segunda-feira (27).

No domingo (26), autoridades confirmaram um total de 263 infecções por coronavírus em todo o Japão. A média semanal de casos diários está aumentando, e oficiais da saúde alertam sobre um risco elevado de infecções com o feriado de Ano Novo.

Casos da variante ômicron são confirmados em Aichi

Foi confirmado que duas pessoas na província de Aichi – uma mulher na faixa dos 40 anos e sua filha na idade do grupo etário de 10 a 19 – foram infectadas com a variante ômicron do coronavírus, informou o governo provincial no domingo.

Com nenhuma delas tendo viajado para o exterior, acredita-se que ambas sejam casos de infecção comunitária.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Lawson venderá ‘leite quente’ pela metade do preço

Publicado em 27 de dezembro de 2021, em Sociedade

A rede de lojas de conveniência Lawson venderá produtos de leite quente pela metade do preço no Ano Novo para reduzir o desperdício.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

‘Venda de ‘leite quente’ pela metade do preço na véspera e no dia de Ano Novo (FNN)

A rede de lojas de conveniência Lawson venderá produtos de “leite quente” pela metade de seu preço regular, a 65 ienes, incluindo imposto, em estabelecimentos a nível nacional na véspera e no dia de Ano Novo para mostrar suporte em meio a preocupações de leite cru sendo descartado em grandes quantidades sob a pandemia de coronavírus.

Publicidade

De acordo com a Associação de Laticínios do Japão (J-milk), estimativas de outubro de 2021 mostram que cerca de 5 mil toneladas métricas de leite cru serão deixadas de lado no fim de 2021 e início de 2022, e inevitavelmente estarão sujeitas a descarte em massa.

Isso se deve aparentemente ao fato de que um aumento na produção de leite continuou devido a lições passadas de escassez de produtos, enquanto o leite está em baixa demanda entre a indústria de restaurantes devido à propagação do coronavírus e não há demanda para almoços escolares durante o feriado de Ano Novo.

Isso significa que a quantidade de fornecimento de leite cru ultrapassa a capacidade das fábricas de laticínios lidarem com isso.

A rede Lawson também vendeu leite quente pela metade do preço em março de 2020, quando escolas a nível nacional foram sujeitas a fechamentos temporários.

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância