Mais um frapê McCafé by Barista por tempo limitado

As lojas da McDonald’s estão oferecendo três frapês únicos neste inverno. Veja mais um lançamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cookies & Cream Frappe custa 470 ienes, tamanho M, e 540 ienes, para o L (McDonald’s Japan)

Lojas da rede McDonald’s Japan com balcões da McCafé by Barista começarão a vender o Cookies & Cream Frappe por tempo limitado, a partir de 8 de dezembro de 2021.

Publicidade

A rede convida todos para desfrutarem de frappuccinos e smoothies de alta qualidade e as lojas da McDonald’s estão oferecendo três frapês únicos neste inverno.

Após o Ichigo Crème Brûlée (à esq.) e o tradicional Crème Brûlée (à dir.) agora vem o Cookies and Cream (McDonald’s Japan)

Após o Ichigo Crème Brûlée Frappe e o tradicional Crème Brûlée Frappe terem sido colocados à venda no fim de novembro, o Cookies & Cream Frappe é mais uma para série limitada.

A bebida é uma mistura rica de baunilha cremosa feita com grãos Madagascar Bourbon da especiaria, misturada com pedacinhos de biscoito Oreo e coberta com chantilly e calda de chocolate. Que tal experimentar?

Fonte: Moshi Moshi Japan

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Viagra poderia ser usado para tratar Alzheimer, segundo estudo

Publicado em 7 de dezembro de 2021, em Notícias do Mundo

Pesquisadores alertaram que o estudo não necessariamente demonstrou uma relação causal entre o uso do Viagra e menor chance de desenvolver Alzheimer.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A doença de Alzheimer é a forma mais comum de demência relacionada à idade (ilustrativa/banco de imagens)

O Viagra poderia ser um tratamento útil contra a doença de Alzheimer, de acordo com um estudo dos EUA.

Publicidade

A doença de Alzheimer, a forma mais comum de demência relacionada à idade, afeta centenas de milhões de pessoas no mundo. Entretanto, apesar de crescentes números de casos, atualmente não há tratamento eficaz.

Usando uma rede ampla de mapeamento de gene, pesquisadores na Clinics Cleveland integraram dados genéticos e outros para determinar quais dos mais de 1,6 mil medicamentos aprovados pela Administração de Medicamentos e Alimentos – FDA poderiam ser um tratamento eficaz para a doença de Alzheimer.

Eles deram pontuações mais altas a medicamentos que tinham como alvo amiloides e proteínas tau – duas características da Alzheimer – comparados com medicamentos que visavam apenas um ou o outro.

“O sildenafila, que mostrou melhorar de forma significativa a cognição e memória em modelos pré-clínicos, se apresentou como o melhor medicamento candidato”, disse o Dr. Feixiong Cheng, líder do estudo. O Viagra é o nome comercial do sildenafila.

Pesquisadores então usaram uma base de dados de mais de 7 milhões de pessoas nos EUA para examinar a relação entre o sildenafila e os resultados da doença de Alzheimer ao comparar usuários do sildenafila com os não usuários.

Eles descobriram que usuários do sildenafila tinham 69% menos probabildade de desenvolver doença de Alzheimer do que os não usuários do medicamento após um seguimento de 6 anos.

Para explorar ainda mais o efeito potencial do medicamento sobre a Alzheimer, pesquisadores desenvolveram um modelo de laboratório o qual mostrou que o sildenafila aumentou o crescimento das células do cérebro e visou as proteínas tau, oferecendo percepções de como ele pode combater a doença relacionada a mudanças no cérebro.

As descobertas foram publicadas no jornal Nature Aging.

Cheng alertou que o estudo não demonstrou uma relação causal entre o sildenafila e a doença de Alzheimer. Ensaios clínicos aleatórios envolvendo ambos os sexos com controle de placebo foram necessários para determinar a eficácia do sildenafila, disse ele.

Ivan Koychev, pesquisador clínico sênior na Universidade de Oxford que não estava envolvido no estudo, disse que era um “desenvolvimento interessante” porque “ele aponta para um medicamento específico que pode oferecer uma nova abordagem para tratar a condição”.

Fonte: The Guardian

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência