Membro da gangue Chinese Dragon é preso por contrabando de ¥432 milhões em estimulante

Junto com ele foi preso um iraniano, seu parceiro nessa operação.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Tampas das mesas e os pacotes de estimulante (ANN)

O Departamento de Polícia Metropolitana informou sobre a prisão de um integrante da gangue Chinese Dragon, na manhã de sexta-feira (10).

Publicidade

O japonês 末永芳男, 47, dessa organização, e o iraniano アハマディアン・ナセル, 38, ambos residentes em Tóquio, são suspeitos de contrabando de 7,2 quilos de estimulante, da Califórnia, EUA

Essa grande quantidade de droga, dividida em pacotes, foi despachada por carga aérea, escondida dentro de 2 tampas de mesa, em 26 de outubro deste ano.

Segundo a polícia, foi recebida uma informação sobre o contrabando, através de uma agência de investigação do exterior. Quando a carga passou pela inspeção da alfândega de Narita, em 30 de outubro, foi constatada a droga. Essa quantidade foi avaliada em 432 milhões de ienes.

Japonês do grupo Chinese Dragon quando foi preso na 6.ª feira (ANN)

A “encomenda” foi despachada normalmente para conferir se Suenaga a receberia, no endereço do destinatário em Arakawa-ku, Tóquio, onde fica a casa de um outro homem. Conforme o previsto, em 17 do mês passado, ele a recebeu desse homem, na rua, e foi flagrado pelos policiais.

A investigação analisa que o Chinese Dragon se juntou com uma organização de iranianos para o contrabando.

“Seu bastardo, que besteira! Não tenho nada a ver com isso”, teria dito Suenaga, negando a suspeita, assim como o iraniano que disse não saber de nada.

Fontes: Sankei, ANN e Chunichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Governo do Japão fornecerá suporte de ¥70 bilhões para companhias aéreas

Publicado em 10 de dezembro de 2021, em Sociedade

Esse será o segundo ano consecutivo que autoridades tiveram que entrar com assistência financeira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aviões da ANA e JAL no Aeroporto de Haneda em Tóquio (banco de imagens)

O governo japonês planeja fornecer a companhias aéreas que estão enfrentando dificuldades na pandemia de coronavírus um suporte de ¥70 bilhões no próximo ano fiscal.

Publicidade

Esse será o segundo ano consecutivo que autoridades tiveram que entrar com assistência financeira.

Acredita-se que o suporte poderá ser fornecido ao cortar taxas de uso para pouso e do aeroporto. O imposto sobre combustível de aviação também será reduzido.

As duas principais companhias aéreas do Japão, a ANA Holdings e a Japan Airlines, preveem que vão registrar perdas líquidas consolidadas para o atual ano fiscal, que vai até março de 2022.

Esse será o segundo ano seguido no vermelho para as companhias.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância