Misteriosos envelopes com ¥10 mil nas caixas postais de um bairro

Residentes de um bairro vem recebendo envelopes sem nada escrito, contendo 10 mil ienes em espécie. Os casos foram relatados no koban.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Envelope contendo uma cédula de 10 mil ienes, recebido por uma residente (NHK)

Residentes de um bairro foram surpreendidos com um envelope comum contendo uma cédula de 10 mil ienes, sem nenhum bilhete ou carta explicando o motivo. 

Publicidade

Cerca de 20 pessoas levaram o caso ao conhecimento da polícia, portanto, até terça-feira (14), eram 200 mil ienes, sem causa específica. Não se sabe se foi uma doação espontânea tampouco o propósito disso. 

Isso vem acontecendo em uma área residencial de Asahi-ku, cidade de Osaka (província). Uma residente local, casada, com 2 filhos, fez contato com a NHK e explicou que foi o marido quem encontrou esse envelope de cor parda, sem nada escrito, por volta das 9h de 31 de outubro. Chegaram a pensar que foi alguma brincadeira de Halloween, mas como o casal não descobriu de quem, resolveu levar o envelope ao posto policial (koban).

Por volta das 7h de 4 deste mês, a mulher encontrou novamente um envelope, sem remetente, contendo 3 notas de mil ienes, igualmente sem nenhuma carta.

Um idoso, de 70 anos, o qual reside perto da casa dessa mulher, também recebeu e o encaminhou ao koban. Segundo ele, outros vizinhos relatam o mesmo e alguns chegam a brincar dizendo que a misteriosa doação se trata de um ねずみ小僧 (lê-se Nezumi Kozo) da era Reiwa

Esse é o apelido dado a Jirokichi Nakamura, que viveu entre 1797 a 1831, o qual se transformou em herói porque furtava dos ricos para distribuir aos pobres, uma espécie de Robin Hood japonês. Nezumi Kozo ficou tão famoso que se tornou personagem de peças de teatro, kabuki e até da cultura pop moderna.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Pfizer confirma cerca de 90% de eficácia de medicamento antiviral contra Covid-19

Publicado em 15 de dezembro de 2021, em Notícias do Mundo

O Paxlovid é designado para prevenir replicação viral, de acordo com a companhia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Medicamento oral da Pfizer pode ser fundamental na luta contra a Covid-19 (banco de imagens)

A gigante farmacêutica dos EUA, a Pfizer, disse na terça-feira (14) que seu antiviral experimental contra Covid-19 mostrou cerca de 90% de eficácia em prevenir hospitalização ou morte em pacientes de alto risco, citando resultados de estudos finais.

Publicidade

O comprimido, chamado Paxlovid, está sob desenvolvimento para ser prescrito no primeiro sinal de infecção ou o primeiro conhecimento da exposição, potencialmente ajudando pacientes a evitarem doença grave, de acordo com a Pfizer.

A companhia já está buscando autorização de uso de emergência do tratamento de reguladoras nos EUA.

A mais recente análise de um ensaio clínico envolvendo mais de 2,2 mil adultos mostrou uma redução de 89% em hospitalizações e mortes relacionadas à Covid-19 comparado com o grupo de placebo, com pacientes tratados dentro de 3 dias do desenvolvimento dos sintomas.

Cinco de 697 pacientes que receberam o Paxlovid foram hospitalizados ao longo de 4 semanas, sem mortes. Enquanto isso, 44 de 682 que receberam placebo foram internados, com 9 mortes.

O resultado foi consistente com análise provisória, disse a companhia.

Citando que variantes emergentes como a ômicron exacerbaram a necessidade para opções de tratamento acessíveis da Covid-19, o presidente e CEO da Pfizer, Albert Bourla, disse em uma coletiva de imprensa que, “se (o Paxlovid) for autorizado ou aprovado, esse tratamento em potencial poderá ser uma ferramenta fundamental para ajudar a combater a pandemia”.

O Paxlovid é designado para prevenir replicação viral, de acordo com a companhia. Se aprovado, ele será administrado como um conjunto de 3 comprimidos, tomado duas vezes ao dia por 5 dias.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância