Norte-coreanos são proibidos de sorrir por 11 dias

População na Coreia do Norte está proibida de sorrir por 11 dias, enquanto o país lembra a morte do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Policial feminina no tráfego em Pyongyang (banco de imagens)

A Coreia do Norte proibiu seus cidadãos de sorrirem por 11 dias, enquanto o país lembra a morte do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il, de acordo com o Serviço Coreano da Radio Free Asia – RFA.

Publicidade

Um residente da cidade de Sinuji não identificado disse ao RFA na semana passada que os norte-coreanos não podem beber álcool, “rir ou realizar atividades de lazer”, durante o período de respeito que começou na sexta-feira (17).

O residente disse que os cidadãos também foram proibidos de fazer compras em 17 de dezembro, o dia da morte de Kim Jong-il, em 2011.

“No passado, muitas pessoas que foram pegas bebendo ou estavam embriagadas durante o período de respeito, foram presas e tratadas como criminosas ideológicas”, disse o residente. “Elas nunca mais foram vistas”.

No mês passado, os norte-coreanos foram proibidos de usar jaquetas de couro, visto que as autoridades realizaram ações para evitar que os residentes imitassem as escolhas de moda de Kim Jong-un, dizendo que era desrespeitoso fazer isso.

Em novembro, um homem teria enfrentado pena de morte por contrabandear cópias da série sul-coreana Round 6 (Squid Game) da Netflix.

Fonte: Newsweek

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Redução de pessoal na Bridgestone: transferência de 8 mil trabalhadores

Publicado em 20 de dezembro de 2021, em Economia

O conglomerado Bridgestone abrirá mão de alguns negócios, por isso, parte dos seus trabalhadores serão transferidos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de um pneu com logotipo da marca (Wikimedia)

Segundo as matérias do jornal Asahi, publicadas no domingo (19), a Bridgestone, a maior fabricante de pneus do Japão e uma das maiores do mundo, ao lado da francesa Michelin, está realizando uma reestruturação em larga escala.

Publicidade

Até o próximo verão o conglomerado deverá vender a atividade de borracha antivibratória para uma empresa chinesa, e os negócios de soluções de produtos químicos e autopeças deverão ser vendidos para fundos de investimentos de Tóquio.

Está solicitando a transferência de 8 mil trabalhadores, sendo que desses, pouco menos de 3 mil se mudarão para 11 localidades do Japão. É uma escala excepcional, que chega a menos de 10% dos funcionários no Japão e a mais de 20% das bases produtivas.

Os funcionários que são obrigados a fazer transferências para empresas ou fundos de investimento estrangeiros estão preocupados com a possibilidade de perderem seus empregos no futuro.

Crise do coronavírus

O conglomerado Bridgestone também lida com diversos produtos, como equipamentos esportivos e bicicletas, e é bastante conhecido. O desempenho dos negócios diminuiu devido à epidemia do novo coronavírus, mas está se recuperando no momento.

Nos resultados financeiros do terceiro trimestre (janeiro a setembro) para o ano fiscal encerrado em dezembro de 2021, que foi anunciado em novembro, as vendas aumentaram 20% em relação ao mesmo período do ano anterior, e obteve lucro líquido em azul.

Mesmo assim, a razão para promover a racionalização é que há uma sensação de crise à qual não seria capaz de sobreviver a menos que aumente o poder aquisitivo à medida que o ambiente de negócios muda, como a tendência de descarbonização cada vez mais forte.  

Fonte: Asahi Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância