Prefeitura de uma cidade de Kanto recebe doação de ¥2 milhões de uma idosa

Uma idosa que preferiu se manter no anonimato fez uma doação para a prefeitura para ser usada com pessoas carentes.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Foto cedida pela prefeitura para o jornal Asahi

Na sexta-feira (17) a prefeitura de Ishioka (Ibaraki) informou que recebeu uma doação de 2 milhões de ienes, em espécie. 

Publicidade

De acordo com a Divisão de Previdência Social, uma mulher na casa dos 70 a 80 anos visitou a prefeitura por volta das 14h do dia anterior e disse ao funcionário no balcão que queria fazer uma doação. 

O funcionário viu que ela tinha dificuldades para andar e tinha o corpo encurvado, por isso, a atendeu no saguão. Ela retirou um envelope pardo de uma sacola plástica preta e o entregou dizendo que “já fui ajudada pela cidade no passado. Por isso, gostaria que fosse usado para as pessoas com dificuldade para viver”. 

O funcionário aceitou o envelope que continha 2 maços de um milhão de ienes cada, com uma tira do Yucho Bank (Correios), com data de 6 anos atrás. Por várias vezes perguntou seu nome mas a idosa insistiu dizendo “anômima, por favor”. Segundo a doadora, “não gasto mais dinheiro e não adianta deixar para os meus filhos”.

O prefeito Yoji Tanishima anunciou na sexta-feira: “Estou muito grato pela doação. Vamos revertê-la aos cidadãos como um recurso financeiro valioso para um projeto relacionado ao bem-estar”.

Fonte: Asahi Shimbun

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Norte-coreanos são proibidos de sorrir por 11 dias

Publicado em 20 de dezembro de 2021, em Ásia

População na Coreia do Norte está proibida de sorrir por 11 dias, enquanto o país lembra a morte do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Policial feminina no tráfego em Pyongyang (banco de imagens)

A Coreia do Norte proibiu seus cidadãos de sorrirem por 11 dias, enquanto o país lembra a morte do pai de Kim Jong-un, Kim Jong-il, de acordo com o Serviço Coreano da Radio Free Asia – RFA.

Publicidade

Um residente da cidade de Sinuji não identificado disse ao RFA na semana passada que os norte-coreanos não podem beber álcool, “rir ou realizar atividades de lazer”, durante o período de respeito que começou na sexta-feira (17).

O residente disse que os cidadãos também foram proibidos de fazer compras em 17 de dezembro, o dia da morte de Kim Jong-il, em 2011.

“No passado, muitas pessoas que foram pegas bebendo ou estavam embriagadas durante o período de respeito, foram presas e tratadas como criminosas ideológicas”, disse o residente. “Elas nunca mais foram vistas”.

No mês passado, os norte-coreanos foram proibidos de usar jaquetas de couro, visto que as autoridades realizaram ações para evitar que os residentes imitassem as escolhas de moda de Kim Jong-un, dizendo que era desrespeitoso fazer isso.

Em novembro, um homem teria enfrentado pena de morte por contrabandear cópias da série sul-coreana Round 6 (Squid Game) da Netflix.

Fonte: Newsweek

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância