Sexta-feira: 146 testam positivo

Houve aumento no cluster da fábrica de Ota, na província de Gunma.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Até as 19h de sexta-feira (10) o país teve 146 novos casos de coronavírus em 20 das 47 províncias, incluindo os 6 dos aeroportos. 

Publicidade

Na região Kanto foram 25 em Tóquio, 18 em Kanagawa, 12 em Gunma, 7 em Chiba, 3 em Saitama e em Ibaraki, e 2 em Tochigi. O cluster da fábrica em Ota (Gunma) aumentou por causa de mais 2 novos casos neste dia.

Hyogo teve mais testados positivo que Osaka, sendo 8 e 6 respectivamente. Foram 4 em Quioto, 1 em Shiga e em Nagano, 3 em Fukuoka, 4 em Okinawa, e zero em Fukui, Shimane, Hiroshima, Okayama e Yamanashi.

Na região Tokai foram 2 em Gifu, 10 em Shizuoka e 11 em Aichi, sendo 2 em Nagoia. Mie não teve nenhum caso pelo quinto dia consecutivo.

O dia teve um óbito e são 320 pacientes em tratamento.

Em contrapartida, 1.708.739 pessoas se recuperaram.

Dados por província, de sexta-feira (NHK)

Fontes: News Digest, NHK, Fukui Shimbun e Nagoya TV

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Nissan suspende produção de seu modelo mais popular no Japão

Publicado em 10 de dezembro de 2021, em Sociedade

A suspensão de produção do modelo Roox ocorre após dados de colisão não terem atendido padrões regulatórios.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Nissan vendeu cerca de 100 mil unidades do Roox no ano fiscal de 2020 (banco de imagens)

A Nissan Motor suspendeu temporariamente a produção de seu modelo de carro mais vendido no Japão, o Roox, e está verificando algumas partes do veículos, incluindo airbags e cintos de segurança.

Publicidade

A produção do veículo leve (kei jidosha) está parada desde 3 de dezembro. A montadora japonesa também suspendeu registro e envios do Roox e reportará detalhes de sua inspeção ao Ministérios dos Transportes do Japão, disse a porta-voz Azusa Momose em uma declaração por email na sexta-feira (10).

A interrupção ocorre após dados de colisão não terem atendido padrões regulatórios, de acordo com o jornal Nikkei, que reportou a suspensão antes.

Momose se negou a dar mais detalhes e não falou sobre um período de tempo para as inspeções. Ela disse que medidas apropriadas seriam tomadas se necessárias.

A Nissan vendeu cerca de 100 mil unidades do Roox no ano fiscal de 2020, fazendo com que ele se tornasse o modelo mais vendido no Japão, seguido pelo Note e Serena. A companhia disse que comercializou cerca de 157 mil Roox no total desde seu lançamento no Japão em março de 2020.

Separadamente, a parceira de aliança, a Mitsubishi Motors, suspendeu a produção de seus modelos eK space e eK X space. A companhia disse que também está realizando inspeções de segurança em aribags e cintos de segurança, disse o porta-voz Michi Yasuhara na sexta-feira.

A Nissan e a Mitsubishi desenvolveram carros juntas como parte de um empreendimento conjunto estabilizado há uma década para veículos leves no Japão.

Fonte: BNN Bloomberg

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância