Toyota quer vender apenas veículos de zero emissão na Europa até 2035

A maior montadora do mundo cumpre com regras mais rigorosas de emissão na região.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Toyota disse que VEs e híbridos ajudariam a expandir as vendas de veículos na Europa Ocidental (banco de imagens)

A Toyota Motor anunciou que todas as suas vendas de veículos novos na Europa Ocidental serão modelos de zero emissão de dióxido de carbono até 2035, visto que a maior montadora do mundo cumpre com regras mais rigorosas de emissão na região.

Publicidade

Até 2030, pelo menos metade da combinação de modelos da Toyota será de zero emissão, incluindo elétricos (VEs) e de células de hidrogênio, disse a montadora em um comunicado de imprensa na quinta-feira (2).

A Toyota, como outras montadoras, está lançando uma série de carros elétricos para atender aos regulamentos mais rigorosos em mercados principais como a Europa Ocidental.

Entretanto, ao contrário de algumas montadoras, ela não se comprometeu a abandonar os carros a gasolina completamente, argumentando que algumas regiões ainda não estão preparadas para uma mudança para VEs ou outra alternativa de tecnologias de propulsão.

A Toyota disse que veículos eletrificados, como VEs e híbridos, ajudariam a expandir as vendas de veículos na região de cerca de 1,07 milhão neste ano para aproximadamente 1,3 milhão de unidades em 2022.

Fonte: Nippon

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Não sofra com problemas de pele no inverno: saiba o que fazer

Publicado em 3 de dezembro de 2021, em Saúde, Bem-Estar e Cotidiano

Leia as recomendações de cuidados para evitar problemas mais sérios, incluindo a infecção pelo novo coronavírus.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem de pele do corpo de uma mulher (MaxPixel)

No inverno o índice de umidade do ar cai. Chegando a menos de 40% já requer atenção pois pode causar problemas de saúde, com mais cuidado em relação às crianças e idosos.

Publicidade

Com o frio as pessoas tendem a achar que não necessitam ingerir água. Mas ela é importante para o corpo todo. 

Alguns cuidados são necessários quando o clima está seco. Um deles é evitar a prática de exercício físico ao ar livre. O outro é umidificar o ambiente, pois além do baixo índice, ainda se usa ar-condicionado quente ou aquecedor. Isso pode ser resolvido colocando toalhas úmidas nos cômodos ou uma bacia de água, caso não tenha umidificador

O que acontece no corpo com a baixa umidade

Na época em que o mundo todo sofre com a pandemia do novo coronavírus, é preciso tomar cuidado com as vias respiratórias. Com a queda da umidade, as narinas ressecam e podem sangrar por causa das minúsculas rachaduras. E é por esses pequenos ferimentos que o temido vírus pode entrar. Por isso, o uso da máscara, combinado com o ambiente com índice regular – cerca de 60% – de umidade é importante. 

Há pequenos umidificadores com cabo USB ideais para serem usados no carro ou na mesa de trabalho. 

Sintomas na pele e cuidados

Umidificador mostra índice de umidade do ambiente (PM)

Em relação à pele, os sintomas são: espinhas, aumento de rugas, tensão, embotamento, rachaduras e coceiras. Em particular, os idosos têm menos água na pele e são mais propensos a sofrer as consequências.

É importante cuidar do ambiente e também do uso de bons hidratantes, tanto para o rosto, quanto para o corpo e mãos para evitar choque ao tocar na superfície metálica.

Se a pele não for cuidada, podem ocorrer coceira e eczema, o que requererá um tratamento, visitando o dermatologista.

Ao comprar um creme ou loção hidratante, é preciso prestar atenção na sua formulação. É importante que contenha ceramida (セラミド成分) e heparinoides (ヘパリン類似物質). Por isso, ao procurar por um adequado confira se essas duas palavras estão no rótulo do produto.

Outras recomendações para o cuidado da pele

No inverno a tendência é querer tomar um banho quente. Cuidado com a temperatura. Veja os cuidados recomendados:

  • temperatura do chuveiro ou banheira, de 40ºC, e nada de banho demorado
  • procure lavar o rosto e corpo com sabonete, usando a palma das mãos. Não use toalha ou bucha de náilon para não esfregar e machucar a pele
  • dieta bem balanceada e ingestão de água
  • dormir bem
  • umidade do ambiente com pelo menos 50 a 60% de índice de umidade

Cuide-se!

Caso queira ler mais matérias sobre saúde e bem-estar toque aqui.

Fontes: Fukui Shimbun e Kose

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância