Amazon desiste de plano de proibir cartões de crédito Visa em seu site britânico

Era esperado que a Amazon impedisse que usuários no Reino Unido usassem cartões de crédito da Visa em sua plataforma a partir de 19 de janeiro.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Site da Amazon e cartões da Visa (banco de imagens)

A Amazon desistiu de planos de parar de aceitar cartões de crédito Visa no Reino Unido.

Publicidade

Era esperado que a gigante do e-commerce impedisse que usuários no Reino Unido usassem cartões de crédito emitidos pela Visa em sua plataforma a partir de 19 de janeiro.

Contudo, em uma declaração na segunda-feira (17), a empresa disse que a mudança “não ocorreria mais”.

A Amazon fez o anúncio chocante inicialmente em novembro, citando “altas taxas que a Visa cobra para processar transações de cartão de crédito”. Na época, a Visa disse que estava “muito chateada” com a mudança e que trabalharia para resolver a situação com a Amazon.

As duas companhias já entraram em conflito no passado, com a Amazon anunciando planos para introduzir uma sobretaxa de 0,5% sobre cartões de crédito com a bandeira Visa na Austrália e Singapura em 2021.

Não está claro por que a Amazon desistiu de seu plano para abandonar os cartões de crédito da Visa no Reino Unido ou se a decisão é final ou temporária.

Clientes da Amazon podem continuar a usar cartões da Visa no amazon.co.uk após 19 de janeiro enquanto trabalhamos juntos para chegar a um acordo”, disse um porta-voz da Visa à rede CNBC por email.

Fonte: CNBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Shirakawa-go foi iluminada pela 1ª vez em 2 anos

Publicado em 18 de janeiro de 2022, em Sociedade

O Patrimônio Mundial da UNESCO em Gifu foi iluminado em 16 de janeiro pela primeira vez em 2 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Patrimônio Mundial da UNESCO, a vila de Shirakawa em Gifu, foi iluminada (YouTube/Mainichi)

O Patrimônio Mundial da UNESCO de casas tradicionais conhecidas como “gassho”, com telhados de palha acentuadamente angulares na vila de Shirakawa (Gifu) foi iluminado em 16 de janeiro pela primeira vez em 2 anos.

Publicidade

O evento de iluminação em Shirakawa é uma tradição de inverno, mas foi cancelado no ano passado devido à pandemia de coronavírus.

As casas cobertas de neve no escuro foram iluminadas em sequência por volta das 17h30 em 16 de janeiro criando uma atmosfera fantástica.

O evento de iluminação está planejado no horário entre 17h30 e 19h30 nos dias 23 e 30 de janeiro e 6,13 e 20 de fevereiro, mas pode ser cancelado dependendo da situação da infecção e do clima.

Os visitantes, com exceção daqueles que estão hospedados no local, devem fazer reserva para vagas nos estacionamentos, os quais acomodam cerca de 200 carros.

Para mais informações é possível ligar para o comitê de iluminação de Shirakawa-go no número 05769-6-1013 (em japonês).

Fonte: Mainichi

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância