Coronavírus em Hiroshima: quase 17 vezes mais que na semana anterior

A província teve infecção explosiva, de 40 para 672, o pior resultado desta epidemia do novo coronavírus, na segunda-feira.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Galeria comercial em Hiroshima (Home 5) e SARS-CoV-2 (Wikimedia)

A província de Hiroshima teve o pior número de testados positivo para o novo coronavírus na segunda-feira (10), com 672, quase 17 vezes mais do que no mesmo dia da semana passada.

Publicidade

A infecção explosiva acontece pelo quarto dia consecutivo. Por cidade foram 445 na capital, 37 em Kure e 21 em Fukuyama.

Dados diários de janeiro em Hiroshima (Chugoku Shimbun)

Assim como em Yamaguchi e Okinawa, há um temor de que a ômicron tenha substituído o coronavírus convencional na província, por isso, a infecção é explosiva.

Desde domingo (9) essas 3 províncias estão sob a aplicação das medidas prioritárias. Em Hiroshima foi determinado que 13 cidades são alvo. O governo pediu para reduzir as saídas pela metade e também abster-se de sair após as 20h.

O índice de infecção a cada 100 mil habitantes, por semana, na província de Hiroshima é de 99, o segundo maior, enquanto em Okinawa, a primeira do país é de 503. O índice médio do país é de 30.

Fontes: The Page, News Digest, ANN, Chugoku Shimbun e Home 5

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Cirurgiões realizam com sucesso transplante de coração de porco em humano

Publicado em 11 de janeiro de 2022, em Notícias do Mundo

A cirurgia demonstra pela primeira vez que um coração de animal pode sobreviver no corpo de um humano sem rejeição imediata.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A FDA concedeu autorização de emergência para a cirurgia na véspera do Ano Novo (ilustrativa/banco de imagens)

Cirurgiões nos EUA implantaram com sucesso um coração de porco geneticamente modificado em um paciente humano, o primeiro procedimento do tipo, disse na segunda-feira (10) a Escola Médica da Universidade de Maryland.

Publicidade

A cirurgia ocorreu na sexta-feira (7) e demonstra pela primeira vez que um coração de animal pode sobreviver no corpo de um humano sem rejeição imediata, disse a escola médica em uma declaração.

O paciente, David Bennet, foi considerado inelegível para transplante humano.

O residente de 57 anos de Maryland está sendo cuidadosamente monitorado para determinar o desempenho do novo órgão.

“Era morrer ou fazer esse transplante. Eu quero viver. Sei que é um tiro no escuro, mas é minha última escolha”, disse ele antes da cirurgia.

Bennet, que passou os últimos meses acamado com máquina de suporte à vida, acrescentou, “estou ansioso para sair dessa cama após me recuperar”.

A Administração de Alimentos e Medicamentos – FDA concedeu autorização de emergência para a cirurgia na véspera do Ano Novo como último esforço para um paciente que não poderia passar por um transplante convencional.

Fonte: Bangkok Post

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Kumon - aprenda japonês e tenha oportunidades