Dois policiais perdem o emprego por ignorarem assalto para caçar Pokémon

Os dois policiais nos EUA cruzaram as ruas capturando as fantásticas criaturas, mas não criminosos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O jogo de realidade aumentada para smartphone Pokémon Go foi sucesso no mundo em meados de 2010 (banco de imagens)

Dois policiais nos EUA que saíram para caçar Pokémon ao invés de responder a um chamado por assalto foram demitidos.

Publicidade

Louis Lozano e Eric Mitchell cruzaram as ruas em busca das fantásticas criaturas no jogo de realidade aumentada para smartphone, mostram documentos, capturando um relativamente raro Snorlax, assim como um difícil Togetic – mas não criminosos.

Gravações revelaram que eles ouviram o chamado por ajuda na loja de departamento de Los Angeles, mas decidiram continuar viagem.

“O oficial Micthell alertou Lozano que um Snorlax havia aparecido”, mostram documentos legais relacionados à demissão dos dois.

“Pelos próximos 20 minutos, a gravação capturou os dois discutindo sobre Pokémon quando iam para locais diferentes onde as criaturas virtuais aparentemente apareceram em seus smartpnones”, de acordo com documentos publicados na semana passada.

Ambos foram acusados por má conduta e admitiram ter falhado em responder ao chamado por assalto durante o incidente em abril de 2017, mas negaram que estavam jogando Pokémon Go.

Em audiências disciplinares os dois insistiram que estavam apenas discutindo sobre o jogo, e desafiaram a demissão da cidade de Los Angeles.

O tribunal de recurso da Califórnia, entretanto, não acreditou nas explicações dos dois e manteve as demissões.

O Pokémon Go foi sucesso em meados de 2010, com milhões de pessoas em todo o mundo grudadas nas telas de seus smartphones em busca das fantásticas criaturas.

Fonte: France 24

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Coronavírus em Gunma: elevação do nível de alerta

Publicado em 11 de janeiro de 2022, em Sociedade

Com o aumento do número de casos de infecção pelo coronavírus, especialmente atento à ômicron, o governador fez pedidos à população.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Governador mostra a placa do nível de alerta 2 (Jomo Shimbun)

Na terça-feira (11) o governador da província de Gunma, Ichita Yamamoto, informou que eleva o nível de alerta em relação à disseminação da infecção pelo novo coronavírus, especialmente da variante ômicron.

Publicidade

No dia anterior a província teve 85 novos casos, enquanto na terça-feira foi anunciado o total de 92, números não vistos desde o começo de setembro do ano passado.

O alerta da própria província varia de 0 a 5. Até a semana anterior estava estabelecido o nível de atenção 1, mas a partir de quarta-feira (12) será elevado para 2, diante do quadro dos últimos dias. O prazo é até 25 deste mês.

O Aikyo Gunma Project, de desconto em hospedagens e viagens dentro da província, fica suspenso a partir de 19 deste mês.

Yamamoto pediu aos cidadãos de Gunma que tenham cuidado para ir aos locais com alto risco de contágio e evitar deslocamento para outras províncias.

Fontes: Sankei e Jomo Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância