Polícia investiga festas do governo britânico durante lockdown

Johnson participou de uma festa com cerca de 30 funcionários dentro de seu escritório, e posteriormente recebeu amigos em sua residência.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Emissora britânica diz que Boris Johnson também participou de uma festa para marcar seu aniversário (NHK)

A polícia em Londres anunciou na terça-feira (25) que investigará festas realizadas durante um lockdown no escritório e residência do primeiro-ministro Boris Johnson, a 10 Downing Street. Um alto funcionário público já estava investigando as reuniões.

Publicidade

Johnson pediu desculpas perante o Parlamento por se juntar a uma festa em maio de 2020 em sua residência. Agora, uma emissora está reportando que ele participou de uma outra para marcar seu aniversário.

A ITV News divulga que, em junho de 2020, Johnson participou de uma festa com cerca de 30 funcionários dentro de seu escritório, disse a emissora, e posteriormente ele recebeu amigos em sua residência.

Naquela época, ele havia proibido reuniões sociais em ambientes fechados.

Os funcionários de Johnson disseram que ele ficou na festa por menos de 10 minutos e que ele então recebeu poucos membros de sua família em ambiente aberto.

Johnson disse que ele aprovou a decisão da polícia em conduzir sua própria investigação. Ele disse que ajudaria a esclarecer isso para o público.

Contudo, mesmo membros de seu próprio partido estão pedindo para que ele renuncie.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Melhor vendedora da loja da Docomo é presa, junto com outros 3 vietnamitas

Publicado em 26 de janeiro de 2022, em Sociedade

Os apresentados pelo namorado da vendedora vietnamita fecharam contrato com Zairyu Card falsificado, para obter fraudulentamente os smartphones.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Melhor vendedora da loja sendo levada para a delegacia (NHK)

Na terça-feira (25) a polícia informou sobre a prisão de 4 vietnamitas, sendo que uma delas era a melhor vendedora de smartphones de uma loja representante da DoCoMo, com desempenho sempre alto, chegando a ser premiada. 

Publicidade

A polícia de Hyogo prendeu ァン・ヒュン・アイ・ニイ, 28 anos, a vendedora, mais 3 conhecidos seus, todos conterrâneos, suspeitos de obtenção de smartphones de uma loja de Osaka, apresentando documentos falsificados.

Segundo a polícia, em 18 de setembro do ano passado, essa vendedora fechou contrato fraudulento com um vietnamita que apresentou Zairyu Card falsificado, obtendo um iPhone avaliado em 190 mil ienes.

O namorado da vendedora vietnamita era quem indicava os clientes para obterem o smartphone, causando prejuízos à loja da operadora. Dois dos presos são os clientes que aplicaram o golpe.

Ela teria relatado que seu desempenho era de 200 contratos mensais, sendo que 50 eram de apresentações do parceiro

Apreensão de smartphones, SIM, documentos falsificados e outros (NHK)

Fontes: NHK e Kobe Shimbun

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância