Delegações da Ucrânia e Rússia iniciam discussão rumo ao cessar-fogo

Segundo a mídia russa, o encontro para tentar um diálogo de paz entre os dois países já começou. China pede calma para os dois países.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

À esq. Putin e à dir. Zelensky (NHK)

Às 17h30 (horário Japão) ou 10h30 (horário Kiev) de segunda-feira (28), o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, informou através de um post no Twitter, que a delegação de seu país chegou ao local onde será realizado o encontro com o adversário.

Publicidade

No entanto, enquanto o lado ucraniano insiste que as negociações serão realizadas sem pré-condições, o lado russo está impondo a desmilitarização e neutralização da Ucrânia, e não está claro se as negociações levarão a um cessar-fogo.

As tropas ucranianas continuam resistindo às russas invasoras em várias partes do país, incluindo a segunda cidade de Kharkiv. 

No domingo (27), o presidente Putin ordenou que o ministro da Defesa Serguei Shoigu e outros aumentassem a dissuasão de um alerta especial com as forças nucleares em mente, e acredita-se que esteja ameaçando enfatizar que é um estado com armas nucleares.

O lado ucraniano quer realizar um cessar-fogo temporário por meio de negociações e prosseguir com as negociações com o lado russo, tanto quanto possível, tendo como pano de fundo a atitude das pessoas que resistem à Rússia e a cooperação com a comunidade internacional.

A Ucrânia pediu rápida adesão à União Europeia, em caráter extraordinário. 

A reunião entre as duas delegações já começou, no final da tarde no horário Tóquio. O mundo acompanha essa tentativa de cessar-fogo. 

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, pediu que os 2 lados permaneçam calmos e evitem mais escalada depois que o presidente russo, Vladimir Putin, colocou a dissuasão nuclear de seu país em alerta máximo.

Wang, falando em uma coletiva de imprensa diária regular, também reiterou a visão da China de que as preocupações legítimas de segurança de todos os países devem ser levadas a sério.

Fontes: NHK, Ukrinform, AlJazeera e ANN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Panasonic iniciará produção de novas baterias para a Tesla

Publicado em 28 de fevereiro de 2022, em Sociedade

A Panasonic construirá duas novas linhas de produção em sua fábrica na província de Wakayama para produzir as baterias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O formato 4680 da Panasonic que será produzido para a Tesla (NHK)

A Panasonic disse nesta segunda-feira (28) que iniciará a produção em massa de uma nova bateria de íon-lítio para a Tesla no mês de março em uma fábrica no Japão.

Publicidade

Revelada pela companhia japonesa em outubro do ano passado, o formato de bateria 4680 (46mm de largura e 80mm de altura) é cerca de 5 vezes maior do que aquelas atualmente fornecidas para a Tesla.

A nova bateria também deve melhorar o desempenho do veículo, o que poderia ajudar a Tesla a atrair mais motoristas para carros elétricos.

A Panasonic construirá duas novas linhas de produção em sua fábrica na província de Wakayama para produzir as baterias, disse a companhia em um comunicado de imprensa.

A empresa não revelou quanto gastará na expansão.

O jornal Nikkei divulgou antes que a Panasonic planejava investir ¥80 bilhões (US$692 milhões) na planta.

Fonte: Nippon

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância