Funcionário de empreiteira é preso em Nagoia

Sobre ele há suspeita de violação da Lei de Imigração por ter encaminhado os trabalhadores estrangeiros para uma empresa em Aichi.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Trabalhadores estrangeiros em Mie: brasileiros em segundo lugar

Publicado em 8 de fevereiro de 2022, em Comunidade

Por muito pouco o total de trabalhadores brasileiros é superado em Mie.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Província de Mie em vermelho (Wikimedia)

O Departamento do Trabalho da Província de Mie, órgão ligado ao MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão, divulgou os dados dos trabalhadores estrangeiros em 30 de outubro de 2021.

Publicidade

O total é de 30.391 com um leve aumento de 337 pessoas em relação ao ano anterior. São 4.366 empresas empregadoras de mão de obra estrangeira, com aumento de 260 locais desde 2020. 

A maioria dos trabalhadores vêm de 5 países, sendo que os vietnamitas aparecem no topo. Em bem menor escala têm nepaleses, indonésios e sul-coreanos.

  1. 24% são vietnamitas, com total de 7.318 trabalhadores
  2. 23% são brasileiros, com 6.966 trabalhadores
  3. 14% são filipinos, com 4.196 trabalhadores
  4. 13% são chineses, com 4.039 trabalhadores
  5. 5% são peruanos, com 1.636 trabalhadores

Metade desses trabalhadores possuem visto de permanência como residentes, sendo que os estagiários técnicos somam 30%. Especificamente, em relação aos trabalhadores verde amarelos, 53% têm visto permanente.

Por jurisdição – Hello Work – 6.917 trabalham em Yokkaichi, 6.477 em Suzuka, 4.465 em Tsu, 4.568 em Kuwana, 2.896 em Iga, 2.834 em Matsuzaka e em outras.

Em Mie, a maioria (63%) trabalha em indústrias pequenas, com até 30 funcionários. Apenas 3% trabalham em companhia com mais de 500 funcionários. 

Em relação ao tipo de indústria, 30% ou 1.328 são da manufatura e 655 (15%) são da construção civil. Em menor escala são do comércio ou prestação de serviços. 

Fonte: MHLW 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância