Homem testa positivo para coronavírus por 14 meses consecutivos

Mizaffer Kayasan, de 56 anos, tem a infecção por covid-19 mais longa da Turquia, possivelmente devido a um sistema imune enfraquecido por conta da leucemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O homem de 56 anos tem a infecção por covid-19 mais longa já registrada na Turquia (ilustrativa/banco de imagens)

Quando Muzaffer Kayasan contraiu covid-19 pela primeira vez, ele achou que estava destinado a morrer, visto que ele já sofria de leucemia.

Publicidade

Quatorze meses e 78 testes positivos seguidos depois, ele ainda está vivo – e batalhando para se livrar da infecção.

Kayasan, de 56 anos, tem a infecção por covid-19 mais longa já registrada na Turquia, dizem médicos, possivelmente devido ao seu sistema imune enfraquecido em decorrência do câncer.

“Acho que essa é uma versão feminina da covid-19, ela está obcecada por mim”, brincou Kayasan na semana passada, quando ele viu que seu mais recente teste PCR, novamente, foi positivo.

Nove meses no hospital e 5 meses sozinho em sua casa o afastaram do mundo lá fora, incluindo sua neta Azra, que fica no jardim enquanto o visita e conversa através de uma porta de vidro.

Pacientes de coronavírus com imunossupressão estão sob risco de infecção prolongada com síndrome respiratória aguda severa, de acordo com um estudo publicado no ano passado no New England Journal of Medicine.

Fonte: South China Morning Post

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Recorde de clusters no Japão

Publicado em 17 de fevereiro de 2022, em Sociedade

Em meio à epidemia causada pela variante ômicron do coronavírus, o país vem registrando aumento de clusters.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de quarto de hospital (NHK)

O número de clusters de infecção pelo coronavírus teve aumento de 106 locais em relação à semana anterior, marcando um recorde amargo no Japão.

Publicidade

Segundo o levantamento do MHLW-Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, nas 47 províncias o total de clusters chegou a 1.227 em uma semana, até 14 deste mês.  

Em particular, os números mais elevados foram nas instituições de cuidados dos idosos, no total de 455, o maior pela quarta semana consecutiva, com aumento de 139 casos.  

Foram confirmados em 155 instituições médico-hospitalares, também em 57 instalações de cuidados de pessoas com deficiência

Em relação às instituições de ensino, foram 303 escolas e 167 maternais, jardins de infância ou creches.

Mas, também foram confirmados em 74 empresas, 8 restaurantes ou bares e em 5 academias. 

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância