Padre usou palavra errada por anos em batismos e agora milhares estão inválidos

O padre renunciou após uma investigação da igreja ter descoberto que ele havia realizado batismos incorretamente ao longo de sua carreira de 20 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Um padre católico em Phoenix, no estado do Arizona, EUA, renunciou ao seu cargo após uma investigação da igreja ter descoberto que ele havia realizado batismos incorretamente ao longo de sua carreira de 20 anos, tornando o ritual inválido para milhares de pessoas, de acordo com o bispo Thomas Olmsted da Diocese de Phoenix.

Publicidade

Quando ele derramava a água benta durante batismos que ele realizava, o Reverendo Andres Arango dizia, “Nós te batizamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”.

Mas ele errou ao dizer “nós batizamos”, que deveria ser “eu batizo” e isso anulou todos os rituais que ele executou usando a linguagem.

“A questão de usar o ‘nós’ é que não é a comunidade que batiza a pessoa, ao contrário, é Cristo, e Ele sozinho, que preside todos os sacramentos, e então é Jesus Cristo que batiza”, disse Olmsted.

Olmsted disse que após um “estudo cuidadoso por autoridades da diocese” todos os batismos realizados por Arango até 17 de julho de 2021 são considerados inválidos. Batismos realizados por ele após essa data são válidos e não há necessidade de repeti-los.

Anteriormente, Arango servia em paróquias de Phoenix, no Brasil e San Diego, de acordo com o Catholic News Service.

Em uma declaração, Arango pediu perdão e anunciou sua renúncia como padre na paróquia de São Gregory em Phoenix, efetiva em 1º de fevereiro.

Fonte: CBS News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Quatro presos em Aichi por prostituição sistemática de mulheres

Publicado em 18 de fevereiro de 2022, em Crime

Esses 4 elementos entregavam as mulheres aos clientes, em um estacionamento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância