Recompensa de ¥1 milhão da polícia para encontrar o fugitivo

O suspeito de roubo está sendo procurado em todo país há 9 anos, desde que escapou da polícia quando foi preso.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagens do procurado (Polícia de Yamanashi e NPA)

Em 23 deste mês completou 9 anos que a polícia está à procura do suspeito de roubo de uma casa, japonês 宮内雄大 (Yudai Miyauchi), de 1,77 metro de altura, que na ocasião tinha 37 anos, portanto, agora, com 46.

Publicidade

Ele escapou dos policiais, do interior da área da Delegacia de Kusakabe, cidade de Yamanashi (província homônima), quando foi preso e transportado para lá. Ao descer da viatura, fugiu.

Está na página dos procurados em todo país, da NPA-Agência Nacional de Polícia, mas passados todos esses anos, não há informação precisa do seu paradeiro. 

Simulações de como pode estar agora (Pol. Yamanashi)

Com a pandemia do coronavírus, a polícia de Yamanashi criou uma imagem do procurado usando máscara e outras de simulação, mais envelhecido, nas versões normal e mais gordo. 

Para quem fornecer uma informação correta e que o leve à prisão, a polícia está oferecendo uma recompensa de 1 milhão de ienes e instalou um atendimento com ligação gratuita: 0120-114-087.

Pôster espalhado pelo país (Pol. Yamanashi)

Fontes: UTY, Polícia de Yamanashi e NPA

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Hitachi prepara evacuação de 7,2 mil funcionários da Ucrânia

Publicado em 25 de fevereiro de 2022, em Notícias do Mundo

Ataque russo força companhias japonesas a garantirem a segurança de trabalhadores.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Mapa mostra a Ucrânia em destaque (banco de imagens)

O conglomerado japonês Hitachi colocou planos de evacuação em ação para cerca de 7,2 mil funcionários na Ucrânia, soube o site Nikkei, visto que a invasão russa faz com que companhias garantam a segurança de seus trabalhadores.

Publicidade

A subsidiária de tecnologia GlobalLogic, que é sediada nos EUA, tem cinco locais na Ucrânia que emprega 7,2 mil funcionários.

A Hitachi fez os preparativos para esses funcionários, a maioria cidadãos ucranianos, serem deslocados para a Alemanha, Polônia e outros países próximos.

Há 57 companhias japonesas operando na Ucrânia desde janeiro, de acordo com a companhia de negócios de inteligência Teikoku Databank. Montadoras e outras fabricantes formam cerca da metade do número, com 28 empresas.

O governo japonês está preparando voos fretados com destino a países perto da Ucrânia para cidadãos japoneses que foram deslocados por terra.

A situação é tensa”, disse o primeiro-ministro Fumio Kishida na quinta-feira (24).

O Ministério de Relações Exteriores do Japão estima que há cerca de 120 cidadãos japoneses na Ucrânia.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância