Risco de infecção pela ômicron aumenta dentro de 50cm mesmo com uso de máscara

Uma simulação sobre a propagação das gotículas de coronavírus usando o computador Fugaku foi feita pelo instituto RIKEN.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Uma simulação usando um supercomputador mostra que o risco de infecção pela variante ômicron do coronavírus aumenta quando as pessoas conversam umas com as outras dentro de uma distância de 50cm, mesmo quando elas estão de máscara.

Publicidade

Uma equipe de cientistas do instituto de pesquisa RIKEN e outros conduziram a simulação sobre a propagação das gotículas de coronavírus usando o computador Fugaku.

A simulação foi baseada em casos passados de infecções em cluster presumindo que a variante ômicron é 50% mais infecciosa do que a delta.

Os resultados mostram que a taxa média de infecção durante uma conversa de 15 minutos com uma pessoa infectada pela ômicron que estava usando máscara foi quase nula quando a outra estava a um metro de distância ou mais.

Porém, a taxa aumentou para cerca de 14% quando elas estão dentro de 50cm de distância uma da outra.

Os pesquisadores alertam que as pessoas devem manter distância suficiente umas das outras quando estão usando máscara.

Quando uma pessoa infectada não estava usando máscara, a taxa de infecção aumenta para cerca de 60% dentro de uma distância de 1 metro, e cerca de 100% dentro de 50cm.

No caso de sentar perto uma da outra em um evento, a taxa de infecção foi de 40% para pessoas sentadas próximas a um indivíduo infectado que estava usando máscara.

Mas ela aumenta a 50% em pessoas próximas se o indivíduo infectado não estiver usando a proteção facial.

Os pesquisadores descobriram que praticar o distanciamento ajudou a manter o risco de infecção baixo.

O líder da pesquisa, Makoto Tsubokura, diz que além de usar máscara é importante pensar sobre o tempo de conversação e distância quando as pessoas conversam com outras.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Preço médio da gasolina no Japão atinge o nível mais alto em 13 anos

Publicado em 3 de fevereiro de 2022, em Sociedade

O preço médio da gasolina foi cotado a ¥170.90 por litro desde a segunda-feira (31), o nível mais alto em cerca de 13 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Preço médio da gasolina continua acima de 170 ienes Iilustrativa/banco de imagens)

Os preços dos combustíveis continua subindo no Japão.

Publicidade

De acordo com dados da indústria divulgados na quarta-feira (2), o preço médio da gasolina regular no Japão aumentou ¥0.7 em comparação à semana anterior, sendo cotado a ¥170.90 por litro desde a segunda-feira (31), o nível mais alto em cerca de 13 anos.

Os preços do combustível subiram em 39 das 47 províncias do país, com Nagasaki vendo o valor médio chegar a ¥178.40, embora o ministério tenha começado a fornecer subsídios a atacadistas de petróleo em 28 de janeiro para frear a subida dos valores.

Além da gasolina, o preço médio nacional do querosene subiu ¥11, sendo cotado a ¥1.998 por 18 litros.

Fonte: Jiji

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância