Detetive à procura de nikkei desaparecida é tema de filme da província de Shizuoka

Província de Shizuoka cria filme curto para mostrar os pontos interessantes enquanto um detetive procura uma misteriosa nikkei. Já está no YouTube, dublado em português.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Personagem da mulher nikkei desaparecida, com xale preto

O governo da província de Shizuoka criou um filme de curta metragem, com ar retrô, o qual narra a busca de uma mulher nikkei brasileira desaparecida, sendo procurada por um detetive de Hamamatsu.

Publicidade

Intitulado Shizuoka Noir, tem tudo a ver com xale negro (noir), usado pela nikkei procurada. Os atores são todos japoneses, exceto uma pessoa da Servitu. 

Mas, todo o filme é legendado em português. Mostra os locais e comidas interessantes da província de Shizuoka. Essa é a intenção do curta, como o saquê e oden locais, Castelo de Kakegawa, Porto de Shimizu e outros, de forma a despertar curiosidade para quem assiste.

Detetive indo para a Servitu

O filme é dividido em duas partes e foi lançado em 4 deste mês no YouTube. Assista e compartilhe com seus amigos.

Parte 1:

Parte 2: 

Fonte: divulgação

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Jornalista americano foi morto a tiros pelo exército russo na Ucrânia

Publicado em 14 de março de 2022, em Notícias do Mundo

O chefe da polícia informou sobre a morte de um jornalista em cobertura do ataque russo na Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Crachá do jornalista do New York Times (Ukrinform)

Na segunda-feira (14), horário Japão, Brent Renaud, 51, cidadão americano e jornalista do New York Times, foi morto a tiros pelos militares russos na cidade de Irpin, Ucrânia.

Publicidade

A declaração relevante foi feita por Andrii Niebytov, chefe da Polícia Nacional na região de Kiev.

Em suas palavras, “os ocupantes russos estão atirando cinicamente até mesmo em jornalistas estrangeiros, que estão tentando dizer a verdade sobre as atrocidades das tropas russas na Ucrânia“.

“Mais um jornalista foi vítima. Agora estamos tentando tirar os feridos da zona de combate”, observou Niebytov.

Segundo Niebytov, “Brent Renaud pagou com a vida por tentar delinear a insidioso, cruel e impiedoso Estado agressor”. 

Fonte: Ukrinform

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância