Japão iniciará preparações para administrar 4ª dose de vacina contra covid-19

A eficácia de terceiras doses contra a altamente contagiosa variante ômicron do coronavírus diminui com o tempo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Detalhes sobre a administração da quarta dose de vacina contra covid-19 serão divulgados posteriormente (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão iniciará as preparações para a administração de quartas doses de vacinas contra coronavírus, concordou um subcomitê de saúde nesta quinta-feira (24), após o governo ter dito que obteria doses adicionais de duas farmacêuticas dos EUA.

Publicidade

Os detalhes, incluindo se realmente administrar as doses adicionais e quem seria elegível, serão determinados posteriormente.

A decisão dos membros do subcomitê ocorreu após o governo ter dito que havia concordado em obter um total de 145 milhões de doses de vacina da Pfizer e da Moderna a fim de se preparar para o início do 2º reforço.

O subcomitê também aprovou a administração de terceiras doses da vacina da Pfizer para crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos, com as vacinações podendo começar já no próximo mês.

Quartas doses de vacinas contra covid-19 são recomendadas em Israel e no Reino Unido, com os beneficiários limitados a profissionais da saúde e indivíduos sob alto risco de desenvolver sintomas graves.

Descobriu-se que a eficácia de terceiras doses contra a altamente contagiosa variante ômicron do coronavírus diminui com o tempo.

Fonte: Japan Today

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Rússia bloqueia acesso ao Google News

Publicado em 24 de março de 2022, em Notícias do Mundo

O regulador de comunicações da Rússia acusa o Google de permitir acesso ao que ele chama de material falso sobre a operação militar do país na Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O app e site Google News estão bloqueados na Rússia (banco de imagens)

O regulador de comunicações da Rússia bloqueou o serviço agregador de notícias da Google, de propriedade da Alphabet, acusando-o de permitir acesso ao que ele chama de material falso sobre a operação militar do país na Ucrânia, disse na quarta-feira (23) a agência de notícias Interfax.

Publicidade

“Confirmamos que algumas pessoas estão tendo dificuldade em acessar o app e site Google News na Rússia e que isso não é devido a problemas técnicos do nosso lado”, disse a Google em uma declaração.

“Trabalhamos duro para manter serviços de informação como notícias acessíveis para as pessoas na Rússia o tanto quanto possível”.

A Interfax disse que a Roskomnadzor, a reguladora, havia agido a pedido do escritório da procuradoria geral da Rússia.

Uma nova lei russa torna ilegal reportar qualquer evento que poderia desacreditar as forças armadas russas.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância