Japão proibirá exportações de cerca de 300 itens para a Rússia e Belarus

O embargo japonês é aplicado sobre exportações produtos, como semicondutores, e tecnologias.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O Japão designou na terça-feira (15) cerca de 300 itens e tecnologias como sujeitos a uma proibição de exportação sobre a Rússia e Belarus (Bielorrússia) a partir do fim desta semana para evitar que esses países aumentem suas capacidades militares, como parte das sanções de Tóquio sobre a invasão da Ucrânia por Moscou.

Publicidade

O embargo sobre exportações de 266 produtos, como semicondutores, equipamento de comunicação e materiais de ponta, e 26 tecnologias, incluindo programas de design para máquinas de fabricação de chips, entrará em vigor na sexta-feira (18), de acordo com o Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

Além disso, exportações de equipamento de refinação de petróleo e tecnologias relacionadas para a Rússia serão proibidas, disse o ministério.

A medida ocorreu quando o Japão e outras nações ocidentais, incluindo membros dos grandes países desenvolvidos do Grupos dos 7 (G7), vêm aumentando as sanções econômicas sobre a Rússia, visto que a situação na Ucrânia não mostra sinais de melhora, com Moscou intensificando seus ataques contra a antiga república soviética desde 24 de fevereiro.

Belarus foi acusada de auxiliar a agressão russa.

Os EUA e nações europeias proibiram envios de produtos para uso militar e commodities de propósito geral que poderiam ser usados para fortalecer as capacidades das forças russas.

Fonte: News and Culture

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Toyota anuncia paralisação em mais uma fábrica de Aichi

Publicado em 16 de março de 2022, em Economia

Com essa suspensão de 8 dias afetará sua meta de produção, em 14 mil unidades de veículos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Noah (HP)

A Toyota Motor informou na terça-feira (15) sobre a paralisação temporária de mais uma planta no final de março pela escassez de semicondutores

Publicidade

Será nos dias 22 a 25 e 28 a 31, em uma linha da planta Fujimatsu da subsidiária Toyota Auto Body, em Kariya (Aichi), onde se produz Noah e Voxy. 

Calcula-se que o impacto será de 14 mil veículos acabados

Em 1.º deste mês a montadora teve que suspender a produção em todas as suas 14 plantas domésticas, 28 linhas, por causa do ciberataque no sistema de um fornecedor, a Kojima Industries.

Por causa dessas suspensões de produção em março, a montadora Toyota terá um total de 30 mil veículos não produzidos, dificultando cumprir o plano de produção global, de 950 mil unidades neste mês.

No entanto, a Toyota mantém a meta de produção global de 8,5 milhões de unidades neste ano fiscal. Acontece que ela reduziu o planejamento inicial de 9 milhões, portanto espera chegar a esse novo número reajustado. 

Fontes: Asahi, Nikkei e CTV

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância