Não há sobreviventes da queda do avião Boeing da companhia chinesa

Segundo a imprensa chinesa parece não haver sobreviventes. Havia 132 pessoas a bordo, dos quais 9 tripulantes. Veja o vídeo do avião em queda.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fotos de partes do avião Boeing no local da queda (China News)

Em relação ao avião de passageiros Boeing 737-800 da China Eastern Airlines, o qual caiu na região montanhosa do sul da China na segunda-feira (21), parece não haver sobreviventes

Publicidade

Havia 132 pessoas, sendo 9 tripulantes e 123 passageiros a bordo, e a mídia nacional relata que não há sobreviventes. O presidente da China, Xi Jinping, ordenou a elucidação imediata da causa do acidente.

A aeronave do acidente fazia um voo doméstico da cidade de Kunming, província de Yunnan, para a cidade de Guangzhou, província de Guangdong.

Veja as fotos das equipes de resgate, na segunda-feira.

De acordo com a Administração de Aviação Civil da China (CAAC), ele desapareceu sobre a cidade de Wuzhou, na Região Autônoma de Guangxi Zhuang. Segundo as informações meteorológicas online, a cidade de Wuzhou no momento do acidente tinha algumas nuvens, mas boa visibilidade. O avião da Boeing começou a despencar de uma altitude de 29,1 mil pés, o equivalente a 8.870 metros de altura

De acordo com vários relatos da mídia que entrevistou o pessoal de resgate, a aeronave caiu causando um incêndio na floresta. Segundo o Diário do Povo, da China, os bombeiros locais disseram não ter encontrado sobreviventes.

O post da China News mostra as fotos aéreas do local onde caiu o avião.

Uma porta-voz da Boeing disse: “Estamos cientes da informação e trabalhamos na coleta de informações”.

A caixa preta da aeronave está sendo procurada para apurar a causa do acidente aéreo.

Veja o vídeo do avião em queda.

Fontes: Tokyo Shimbun e China News

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Sumitomo Electric vai transferir produção de autopeças para fora da Ucrânia

Publicado em 22 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Após a invasão russa, a produção ucraniana de chicotes elétricos automotivos da Sumitomo será transferida para a Romênia e Marrocos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Logo da Sumitomo Electric (Wikimedia)

A Sumitomo Electric Industries vai transferir a produção de chicotes elétricos automotivos da Ucrânia para a Romênia e Marrocos após a invasão russa.

Publicidade

A fabricante japonesa acrescentará linhas de produção nas plantas na Romênia e Marrocos, tendo suspendido operações em sua fábrica no oeste da Ucrânia no fim do mês passado.

Dada a falta de perspectivas para retomar a produção e os riscos geopolíticos mesmo se o conflito diminuir, a Sumitomo Electric decidiu reorganizar sua rede de fornecimento ao invés de tomar uma medida provisória.

O custo para transferir a produção é estimado em mais de ¥10 bilhões (US$83,9 milhões). A montadora cliente Volkswagem poderá cobrir parte dos gastos.

Cerca de 6 mil pessoas trabalhavam na planta ucraniana, que contava por cerca de 10% da produção europeia da Sumitomo Electric e fornecia chicotes para modelos como o Golf da Volkswagen.

A empresa japonesa não vai fechar a fábrica.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância