Quarta-feira: 41 mil novos casos

O total de pacientes em tratamento caiu para menos de 500 mil e o de óbitos foi de 122.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 41.038 testados positivo para o novo coronavírus na quarta-feira (23), quase 17 mil a menos do que no mesmo dia da semana anterior.

Publicidade

Foram 6.430 em Tóquio, 4.790 em Osaka, 3.158 em Aichi, 2.831 em Kanagawa, 2.114 em Saitama, 2.104 em Hyogo, 2.061 em Chiba e 1.696 em Fukuoka.

Nas demais províncias foram 879 em Shizuoka, 696 em Gunma, 680 em Tochigi, 621 em Ibaraki, 603 em Gifu, 588 em Shiga, 553 em Nagano, 325 em Mie, 162 em Fukui e 78 em Shimane.

O dia teve 122 óbitos, sendo 29 em Osaka, 14 em Tóquio, 12 em Saitama, 10 em Hyogo e em Kanagawa, 6 em Quioto, em Aichi e em Fukuoka, 5 em Chiba, mais outras províncias.

498.019 pacientes em tratamento da covid, sendo que 916 estão em estado grave

Em contrapartida, 5.672.562 pessoas se recuperaram da covid.

Veja os dados por província.

REGIÃO PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 1.224
Tohoku Aomori 512
Iwate 224
Miyagi 530
Akita 286
Yamagata 115
Fukushima 376
Kanto Ibaraki 621
Tochigi 680
Gunma 696
Saitama 2.114
Chiba 2.061
Tóquio 6.430
Kanagawa 2.831
Hokuriku Niigata 341
Toyama 247
Ishikawa 103
Fukui 162
Koshin Yamanashi 226
Nagano 553
Tokai Gifu 603
Shizuoka 879
Aichi 3.158
Mie 325
Kinki Shiga 588
Quioto 648
Osaka 4.790
Hyogo 2.104
Nara 178
Wakayama 156
Chugoku Tottori 81
Shimane 78
Okayama 374
Hiroshima 697
Yamaguchi 242
Shikoku Tokushima 114
Kagawa 425
Ehime 318
Kochi 172
Kyushu Fukuoka 1.696
Saga 291
Nagasaki 275
Kumamoto 479
Oita 255
Miyazaki 281
Kagoshima 493
Okinawa 913
Aeroportos 93
TOTAL GERAL 41.038
Fontes: News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Presidente da Ucrânia faz pronunciamento ao legislativo japonês

Publicado em 23 de março de 2022, em Política

É a primeira vez que o Japão permite um chefe de Estado ou outra autoridade estrangeira discursar nas câmaras da Dieta de forma online.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Quatro telas e público de 500 pessoas para assistir a Zelensky

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, fez um discurso online para a Dieta do Japão, às 18h de quarta-feira (23). Ao aparecer nas telas dispostas para os conselheiros e representantes, foi recebido com uma salva de palmas.

Publicidade

Foi aberta uma exceção para Zelensky pois esta é a primeira vez que a Dieta tem um chefe de Estado estrangeiro fazendo pronunciamento online, pois até então sempre eram recebidos em cerimônias especiais. 

A transmissão foi em ucraniano, com uma intérprete traduzindo simultaneamente. O presidente agradeceu ao Primeiro-Ministro do Japão, Fumio Kishida, a todos os presentes e também o apoio recebido imediatamente após a invasão da Rússia na Ucrânia

Presidente Zelensky em uma das telas do discurso online

Relembrou o desastre de Chernobyl em 1986. E a Rússia tentou novamente causar um outro desastre, colocando as 4 usinas em risco. “A Rússia transformou um local de descarte de material nuclear em um campo de batalha. Imagine quanto tempo esse processo levará após a guerra”, questionou o presidente.

Relembrou sobre a ocorrência de um vazamento de amônia, por causa do ataque, e disse que a Rússia está pronta para usar armas químicas como o gás sarin. 

Por causa do ataque na Ucrânia, os civis estão sendo mortos, sendo que até terça-feira 121 crianças perderam suas vidas. 

Necessitamos garantir um futuro para as crianças”, disse Zelensky. No entanto, para segurança da população muitos deixaram suas casas e migraram para outros países ou locais. A Rússia fechou a fronteira com o mar para que a Ucrânia fique ainda mais distante dos outros países.

Com todos os esforços as organizações internacionais não estão conseguindo parar a Rússia. “Precisamos de uma forte mensagem de que não se pode destruir a paz, unindo os esforços com os países que têm responsabilidade por isso”, disse.

Reiterou várias vezes a volta da paz no seu país e no mundo. 

Agradeço de todo coração todo apoio recebido do Japão. Foi o primeiro país da Ásia a pressionar a Rússia e rogo para que continue aplicando sanções”, falou Zelensky.

“Precisamos nos esforçar para trazer de volta a segurança para a Ucrânia”, salientou. “Necessitamos reconstruir o país para que as pessoas que saíram possam voltar à sua terra natal. Acredito que o povo japonês compreenda isso”, apontou. 

Foram 14 minutos de discurso e o finalizou agradecendo em japonês. A representante dos conselheiros, Akiko Santo, vestida de amarelo, uma das cores da Ucrânia, disse: “Nós do Japão não podemos perdoar a violência da Rússia e o círculo de apoio à Ucrânia está crescendo constantemente. Nós, membros da Câmara dos Conselheiros, faremos o possível para restaurar a paz e a estabilidade o mais rápido possível”.

Fonte: transmissão ao vivo

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância