Quarta-feira: 72,6 mil novos casos

A redução em relação à quarta-feira da semana passada é de 7,7 mil casos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

Até as 20h de quarta-feira (2) o total de novos casos de infecção pelo coronavírus no país é de 72.647

Publicidade

Novamente os maiores números foram nas mesmas províncias: 12.693 em Tóquio, 9.219 em Osaka, 6.205 em Kanagawa, 5.225 em Aichi, 4.617 em Saitama, 3.788 em Hyogo, 3.824 em Chiba e 3.073 em Fukuoka.

Foram 1.414 em Shizuoka, 1.334 em Ibaraki, 881 em Shiga, 789 em Gunma, 757 em Tochigi, 665 em Mie, 445 em Nagano, 347 em Fukui, além de outras províncias.

O dia teve 235 óbitos, sendo 35 em Osaka, 31 em Tóquio, 23 em Aichi, 21 em Kanagawa, 16 em Fukuoka, 14 em Chiba, 10 em Hyogo, 9 em Quioto, 8 em Hokkaido, 5 em Gifu, em Tochigi e em Shizuoka, dentre outras.

O total de pacientes em tratamento da covid é de 781.620, dos quais 1.452 estão em estado grave.

Em contrapartida, 4.345.933 pessoas se recuperaram.

Na segunda-feira (28) foram realizados 113.657 testes PCR.

Veja os dados dos testados positivo por província.

REGIÃO PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 2.232
Tohoku Aomori 487
Iwate 319
Miyagi 783
Akita 237
Yamagata 212
Fukushima 398
Kanto Ibaraki 1.334
Tochigi 757
Gunma 789
Saitama 4.617
Chiba 3.824
Tóquio 12.693
Kanagawa 6.205
Hokuriku Niigata 431
Toyama 628
Ishikawa 518
Fukui 347
Koshin Yamanashi 279
Nagano 445
Tokai Gifu 644
Shizuoka 1.404
Aichi 5.225
Mie 665
Kinki Shiga 881
Quioto 1.969
Osaka 9.219
Hyogo 3.788
Nara 1.087
Wakayama 273
Chugoku Tottori 106
Shimane 97
Okayama 824
Hiroshima 736
Yamaguchi 305
Shikoku Tokushima 280
Kagawa 436
Ehime 302
Kochi 205
Kyushu Fukuoka 3.073
Saga 373
Nagasaki 417
Kumamoto 701
Oita 392
Miyazaki 220
Kagoshima 469
Okinawa 966
Aeroportos 55
TOTAL GERAL 72.647
Fontes: News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Putin teria enviado sua família para ‘cidade subterrânea’ na Sibéria

Publicado em 2 de março de 2022, em Notícias do Mundo

Um ex- professor russo afirma que Vladimir Putin escondeu sua família em uma ‘cidade subterrânea’ para protegê-la do conflito em desdobramento.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Segundo professor russo, Putin escondeu sua família em um bunker subterrâneo secreto na Sibéria (banco de imagens)

Vladimir Putin escondeu, nos últimos dias, membros de sua família em uma “cidade subterrânea” na Sibéria, de acordo com um ex-professor russo.

Publicidade

O bunker de luxo de alta tecnologia fica nas Montanhas Altai e foi designado para proteção no caso de guerra nuclear, disse o cientista político Valery Solovey, de 61 anos.

A afirmação ocorre quando a Rússia está atacando Kiev e Kharkiv com mísseis mortais a acusações de que Putin está cometendo crimes de guerra ao atingir civis inocentes com “bombas a vácuo”.

Anteriormente, Solovey alegou que Putin tem problemas de saúde que ele esconde do público russo, e também afirmou que o homem forte e seu ministro da defesa Sergey Shoigu participaram de bizarros rituais xamânicos secretos.

“No fim de semana, a família do presidente Putin foi evacuada para um bunker especial preparado para o caso de guerra nuclear”, disse o professor em um vídeo.

“De fato não é um bunker, mas uma cidade subterrânea completa, equipada com tecnologia e ciência mais recente”.

Acredita-se que Solovey, o qual afirma ter contatos internos no Kremlin, esteja se referindo a uma dispersa dacha (nome russo para fazenda, casa de campo ou mansão) construída ostensivamente pela colossal Gazprom há cerca de uma década no distrito de Ongudaysky da República Altai, uma região da Sibéria que faz fronteira com a Mongólia, China e Cazaquistão.

A mudança afirmada de sua família para o bunker ocorreu com uma “falha” do plano de estratégia de Putin em conquistar a Ucrânia, disse Solovey.

Putin vem sendo atingido por “reação coletiva muito negativa, unida e extremamente forte do Ocidente em relação aos planos russos”.

“Putin havia planejado declarar a completa e indisputável vitória militar das tropas russas na noite de domingo (27) – e anunciar o fim, ou quase fim, da chamada “operação especial”, disse Solovey.

“Mas como vocês sabem, nenhum um único alvo da invasão de Putin na Ucrânia foi alcançado”.

Observadores citaram vários pontos de ventilação na área em volta do esconderijo na montanha, e uma linha de alta voltagem ligada a uma subestação de 110 quilovolts ultramoderna, suficiente para abastecer uma pequena cidade.

Alguns em Moscou descartam Solovey como um teórico da conspiração, mas na semana passada ele foi detido para um interrogatório de 7 horas aparentemente ligado a uma conta do Telegram que ele administra, o qual fez várias alegações sobre a condição médica e mental de Putin.

Solovey foi posteriormente liberado, mas o caso não foi encerrado.

Antigamente ele atuava como professor no Instituto do Estado de Moscou de Relações Internacionais (MGIMO) – frequentado por futuros altos diplomatas e espiões.

Uma de suas afirmações mais surpreendentes foi que Shoigu organizou para Putin participar de um ritual xamânico na Sibéria que envolveu o sacrifício de um lobo negro para melhorar a saúde do presidente.

Atualmente, Shoigu está no controle pessoal da operação militar russa na Ucrânia.

Fonte: news.com.au

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância