Queijos, chocolates e doces da Meiji têm aumento de preços

A fabricante informou que a partir do próximo mês 167 produtos terão os preços reajustados.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Alguns dos produtos da Meiji (ANN)

Outra empresa a anunciar aumento de preços é a tradicional Meiji. Na quinta-feira (10) informou que 167 produtos terão os preços reajustados em até 11%. 

Publicidade

São os queijos, chocolates, curries e guloseimas os alvos, sequencialmente a partir de 1.º de abril e outros em 1.º de maio.

Se gosta daqueles queijos fatiados Tokachi (十勝), usados para sanduíches ou para cobertura da fatia de pão na tostadeira, terá que desembolsar 5,4 a 6,7% a mais para passar no caixa. É o primeiro aumento em 18 anos. Um que atualmente custa ¥360 passará a ¥380, por exemplo.

Gomas, queijo Tokachi e Milk Chocolate (HP)

Em relação aos chocolates, chicletes e gomas de frutas, como o famoso Milk Chocolate e Gummi, o reajuste varia de 3 a 11%.

Já os práticos curries terão aumento de 6,5 a 7,7%.

O motivo é o mesmo de outros fabricantes: aumento dos preços das matérias-primas como farinha de trigo, lácteos, óleos, cacau, açúcares e gorduras, e também das embalagens e logística. 

Fontes: divulgação, ANN e FNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão considera 4ª dose de vacina contra covid-19

Publicado em 11 de março de 2022, em Sociedade

Porta-voz do governo japonês diz que uma decisão será tomada com base na gravidade da pandemia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Se uma decisão for tomada, provavelmente as vacinas seriam fornecidas pela Pfizer e Moderna (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão está considerando oferecer uma 4ª dose de vacina contra coronavírus neste ano, enquanto um porta-voz do governo diz que uma decisão será tomada com base na gravidade da pandemia.

Publicidade

O jornal Yomiuri disse nesta sexta-feira (11) que se uma decisão for tomada para administrar uma 4ª dose, as vacinas provavelmente seriam fornecidas pela Pfizer e Moderna e que seriam oferecidas neste verão.

O Ministério da Saúde de Israel disse em janeiro que uma 4ª dose de vacina, ou segundo reforço, para pessoas com idade igual ou superior a 60 anos as deixaram mais resistentes contra doenças graves e duas vezes mais resistentes à infecção.

O secretário-chefe do gabinete, Hirokazu Matsuno, questionado sobre a reportagem do Yomiuri, disse aos repórteres que o governo teria que considerar a situação da pandemia tanto no país como no exterior.

O mês de fevereiro de 2022 foi o mais fatal do Japão dos dois anos da pandemia, visto que a variante ômicron se espalhou pelo país enquanto muitos entre os vulneráveis da população idosa ainda tendo que receber um reforço.

O Japão se organizou para comprar 93 milhões de doses da Moderna e 130 milhões da Pfizer neste ano.

Além disso, o governo assinou contrato para comprar 150 milhões de doses da vacina da Novavax, a qual está agora sob revisão regulatória.

Fonte: Newswire

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância