Trem turístico Fujisan Express opera pela primeira vez em 2 anos

O serviço Fujisan Express será retomado aos fins de semana e feriados pela primeira vez em cerca de 2 anos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O Fujisan Express na estação de Kawaguchiko e o Monte mais alto do Japão ao fundo (banco de imagens)

A operadora ferroviária Fuji Kyuko retomará os serviços do Fujisan Express no sábado (12) após uma interrupção de 2 anos e revisão de cronograma.

Publicidade

Ilustrado com muitos personagens inspirados no Monte Fuji, esse trem turístico expresso conecta as estações de Otsuki e Kawaguchiko.

Mas as operações foram interrompidas em abril de 2020 com a queda no número de passageiros.

A Fuji Kyuko, que opera a Fujikyu Railway, disse que oferecerá duas viagens ida e volta do trem turístico aos fins de semana e feriados.

O primeiro vagão é uma área de observação com poltronas reservadas, enquanto o segundo e terceiro não são reservados.

Em resposta a pedidos de usuários, o último trem com destino a Kawaguchiko partirá de Otsuki às 23h10, ao invés do atual horário das 22h52. A partida mais tardia permitirá aos passageiros em um trem expresso que sai da estação de Shinjuku de Tóquio às 22h transferirem para o último trem.

Similarmente, o último trem com destino a Otsuki partirá de Kawaguchiko às 22h10, ao invés das 21h52.

Para mais informações, toque aqui.

Fonte: Asahi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Ucrânia: 38 mil foram evacuados pelos corredores humanitários

Publicado em 11 de março de 2022, em Sociedade

O drama das milhares de pessoas que perderam suas casas são deslocadas de ônibus para cidades mais seguras. Por outro lado, solidariedade!

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Cena de um dos corredores humanitários (Administração Militar Regional de Zaporizhzhia)

Na quinta-feira (10), mais de 38 mil cidadãos foram evacuados pelos corredores humanitários organizados, por causa da destruição causada pelo ataque da Rússia desde 24 de fevereiro.

Publicidade

“Hoje, com esforços conjuntos, evacuamos mais de 38 mil pessoas: são 16 mil da região de Kiev, 20 mil da região de Sumy e 2 mil de Izium, na região de Kharkiv”, disse o chefe adjunto do Gabinete do Presidente, Kyrylo Tymoshenko, em seu discurso em vídeo.

Cenas do corredor humanitário, post da Administração Militar Regional de Zaporizhzhia.

Destacou que todo o trabalho de evacuação foi gratuito, através das centenas de ônibus disponibilizados para esse povo que perdeu a sua residência ou estava em área de grande risco.

Também uma fila imensa de carros particulares transportaram as famílias para um local seguro. Diversos ônibus com ajuda humanitária da Cruz Vermelha foram deslocados junto com as filas gigantescas.

Post mostra os voluntários preparando a carga de mantimentos e suprimentos para as pessoas evacuadas.

Acrescentou que as autoridades continuaram a trabalhar para organizar a evacuação de pessoas em outras áreas.

Conforme relatado, em 10 de março, foram abertos corredores humanitários de Mariupol, Volnovakha, Izium, Sumy, Trostianets e Krasnopillia, bem como de várias cidades próximas a Kiev – Bucha, Borodianka, Irpin e Hostomel.

Esse é o drama que está vivendo a população da Ucrânia, saindo de casa com uma mochila em mãos, para viver em comunidade, com a ajuda dos voluntários do país e da Cruz Vermelha.  

Enquanto o bombardeio só parou nesses trechos dos corredores humanitários, em outras áreas os soldados ucranianos defendem o país do ataque contínuo, colocando os civis sob alto risco. 

Veja as imagens de destruição publicadas no post da Polícia da região de Kharkiv.

Fontes: Ukrinform e Adm. Militar de Zaporizhzhia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância