Japão vai reduzir importações de carvão russo

O carvão russo constitui 13% do total usado para geração de energia no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Guindastes no Porto de Vyborg, na Rússia, e carvão para carregamento no trem de carga (ilustrativa/banco de imagens)

O Japão reduzirá importações de carvão russo como parte de sanções sobre Moscou pela sua invasão na Ucrânia, disse o ministro da Indústria nesta sexta-feira (8), juntando-se ao Grupo das 7 Nações Industrializadas na ação.

Publicidade

O ministro Koichi Hagiuda disse em uma coletiva de imprensa regular que o Japão reduzirá gradualmente a quantidade importada da Rússia e eventualmente acabará com a dependência sobre o carvão russo, dizendo, “Buscaremos no final parar a importação”.

O primeiro-ministro Fumio Kishida deve anunciar sanções adicionais sobre a Rússia, incluindo detalhar as restrições sobre importação de carvão, em uma coletiva de imprensa no fim da tarde desta sexta-feira.

O carvão russo constitui 13% do total usado para geração de energia no Japão.

O Japão, que é pobre em recursos naturais, tem tomado uma abordagem cautelosa sobre sanções contra a energia russa, mas avançou com outras nações ocidentais após indignação internacional causada por imagens de civis mortos em ruas na Ucrânia.

Na quinta-feira (7), a União Europeia concordou sobre uma proibição na importação de carvão russo.

Fonte: Mainichi

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Primeiro tufão do ano, o Malakas

Publicado em 8 de abril de 2022, em Tempo

A previsão é de que o tufão Malakas se desenvolverá ainda mais, ganhando potência.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Tufão Malakas (Yahoo!)

A AMJ-Agência de Meteorologia do Japão informou na manhã de sexta-feira (8) sobre o primeiro tufão do ano, batizado de Malakas, atribuído pelas Filipinas, o que significa forte

Publicidade

O ciclone tropical se desenvolveu conforme a previsão e tem 1.000hPa de pressão atmosférica central, está localizado próximo das Ilhas Carolinas, tem diâmetro de 330 quilômetros e se move lentamente a 15km/h.

No momento não tem nenhuma classificação, mas a previsão indica que na próxima semana, terça-feira (12), deverá ganhar potência e se tornar forte, com 980hPa, quando estiver a leste das Filipinas.

Ainda é precoce para avaliar se o Malakas irá se aproximar do arquipélago do Japão, mas é necessário acompanhar seu movimento. 

Possível curso do tufão Malakas (AMJ)

Fontes: AMJ, Tenki e Yahoo!

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência