Novo surto de ebola é declarado na República Democrática do Congo

Esse é o terceiro surto de ebola na província desde 2018 e o 14º surto no país desde 1976, disse a OMS.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem em 3D do vírus ebola (ilustrativa/banco de imagens)

Autoridades da saúde na República Democrática do Congo (RDC) declararam um novo surto de ebola na sexta-feira (22), após um caso ter sido confirmado na cidade de Mbandaka, na província de Équateur, no noroeste do país, disse a Organização Mundial da Saúde (OMS) no sábado (23).

Publicidade

Esse é o terceiro surto de ebola na província desde 2018 e o 14º surto no país desde 1976, disse a OMS.

Até agora, apenas um caso foi confirmado, disse a OMS. O paciente era um homem de 31 anos, que começou a apresentar sintomas em 5 de abril.

Ele buscou tratamento em uma instalação de saúde local após ficar adoecido em casa por mais de uma semana. O homem foi internado em um centro de tratamento para ebola em 21 de abril, mas morreu no mesmo dia, disse a OMS.

Funcionários da saúde reconheceram os sintomas de ebola e “imediatamente” enviaram amostras para testes, disse a OMS.

“Esforços para frear o atual surto já estão em curso”, disse a organização, e vacinações começarão nos próximos dias.

Fonte: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Xangai instala cercas em áreas afetadas pela covid-19 e causa indignação

Publicado em 25 de abril de 2022, em Ásia

Imagens de entradas de blocos habitacionais e ruas inteiras isolados com cercas verdes de 2 metros de altura viralizaram na mídia social.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Rua vazia na China (ilustrativa/Wikimedia Commons)

Autoridades em Xangai que estão lutando contra um surto de covid-19 instalaram cercas no lado externo de prédios residenciais, espalhando indignação pública sobre um lockdown que forçou o isolamento da maioria das 25 milhões de pessoas da cidade.

Publicidade

Imagens de funcionários com roupas de proteção fechando entradas de blocos habitacionais e ruas inteiras com cercas verdes de 2 metros de altura viralizaram na mídia social, levando a questionamentos e queixas dos residentes.

Um vídeo mostrou residentes gritando das sacadas de suas casas com os funcionários que estavam tentando instalar cercas antes de cederem e irem embora. Outros vídeos mostram pessoas tentando retirá-las.

Muitas das cercas foram instaladas em torno de complexos designados como “áreas seladas”, locais onde pelo menos uma pessoa testou positivo para covid-19, o que significa que residentes são proibidos de sair de suas casas.

Não ficou claro o que levou as autoridades a recorrerem à instalação de cercas. Um aviso com data de sábado (23) de uma autoridade local compartilhado online disse que estava impondo “quarentena rigorosa” em algumas áreas.

A cidade mais populosa da China e centro econômico mais importante está lutando contra o maior surto de covid-19 com uma política que força todos os casos positivos a centros de quarentena.

O lockdown, o qual para muitos residentes tem durado mais de 3 semanas, alimentou frustrações sobre acesso a comida e cuidados médicos, salários perdidos e separação familiar.

Fonte: Yomiuri

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência