Ômicron XE: Reino Unido detectou nova variante da covid-19

A variante XE foi detectada até agora em 637 pacientes, segundo estatísticas da Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Uma nova subvariante da ômicron foi detectada no Reino Unido, enquanto a nação enfrenta um aumento renovado de hospitalizações por covid-19.

Publicidade

A variante XE, como é conhecida, foi detectada até agora em 637 pacientes a nível nacional, de acordo com as estatísticas mais recentes da Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido, a qual disse que atualmente não há evidência suficiente para ter conclusões sobre sua transmissibilidade ou gravidade.

A XE contém uma mistura da altamente infecciosa cepa BA.1 da ômicron, que surgiu no fim de 2021, e da mais nova variante “furtiva” BA.2, a atualmente dominante no Reino Unido.

Ela é conhecida como um tipo de variante “recombinante” que pode ocorrer quando um indivíduo é infectado por duas ou mais variantes ao mesmo tempo, resultando em uma mistura de seu material genético dentro do corpo do paciente.

A transmissibilidade e gravidade da XE ainda não são conclusivas.

Tais recombinantes não são incomuns, tendo ocorrido várias vezes durante a pandemia de coronavírus.

Dados da gravidade da nova variante e habilidade de evadir vacinas ainda não estão claros, embora estimativas sugiram que ela pode ser mais transmissível do que cepas anteriores.

Autoridades da saúde disseram que vão continuar a monitorar a situação.

O caso inicial confirmado da XE no Reino Unido tem uma data de amostra de 19 de janeiro deste ano, sugerindo que ela pode ter estado em circulação há vários meses.

Ela também foi detectada fora da nação britânica, na Tailândia e mais recentemente na Índia.

Fonte: CNBC

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Placa de madeira de 32 toneladas é encontrada na praia

Publicado em 7 de abril de 2022, em Sociedade

Essa placa gigante foi encontrada encalhada mas há outras ainda perdidas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placa gigante vista pelo helicóptero da ANN

Na quarta-feira (6) uma placa de madeira gigante foi encontrada encalhada na praia da cidade de Kamisu (Ibaraki). 

Publicidade

Descobriu-se que é uma das tampas de escotilha de um navio cargueiro, ou seja, para cobrir os porões.

De acordo com a Guarda Costeira de Choshi, em 27 de março, cinco tampas de escotilha de um navio de carga da Libéria que estava à deriva na costa de Tomioka (Fukushima), foram levadas pelas ondas elevadas devido ao mau tempo.   

Essa é uma das 3 já encontradas mas ainda faltam duas. Se ainda estiverem flutuando no mar há risco de danificar embarcações com o choque, por isso a Guarda Costeira vasculha as águas da região. 

A tampa da escotilha encontrada em Kamisu tem 18 metros de comprimento, 6 metros de largura e pesa cerca de 32 toneladas.

O navio cargueiro que perdeu essas escotilhas agora está atracado no porto de Hitachinaka (Ibaraki).

Close da escotilha de 32 toneladas (ANN)

Fontes: FNN e ANN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência