Terça-feira: 40 mil novos casos de coronavírus no Japão

A diferença em relação ao mesmo dia da semana passada foi uma queda de 387 casos.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 40.500 testados positivo para o novo coronavírus na terça-feira (26), aumentando a soma cumulativa para 7.733.832 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 5.048
  2. Osaka: 3.967
  3. Aichi: 2.772
  4. Kanagawa: 2.450
  5. Fukuoka: 2.216
  6. Hokkaido: 2.132
  7. Saitama: 1.750
  8. Hyogo: 1.580
  9. Chiba: 1.491
  10. Okinawa: 1.418

Outras províncias com números preocupantes.

  • Hiroshima: 830
  • Gifu: 752
  • Tochigi: 746
  • Shizuoka: 613
  • Ibaraki: 585
  • Gunma: 562
  • Nagano: 544

Óbitos, recuperações e pacientes em tratamento

O dia teve 64 óbitos, sendo 12 em Osaka, 5 em Fukuoka, 4 em Hyogo, em Hokkaido, em Saitama e em Nagano, 3 em Hiroshima, em Tóquio, em Kanagawa e em Fukushima, 2 em Aichi, além de outras províncias.

São 467.692 pacientes em tratamento, dos quais 173 estão em estado grave.

Em contrapartida, são 7.236.737 pessoas recuperadas da covid.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 2.132
Tohoku
Aomori 401
Iwate 291
Miyagi 581
Akita 339
Yamagata 200
Fukushima 472
Kanto
Ibaraki 585
Tochigi 746
Gunma 562
Saitama 1.750
Chiba 1.491
Tóquio 5.048
Kanagawa 2.450
Hokuriku
Niigata 340
Toyama 102
Ishikawa 148
Fukui 150
Koshin
Yamanashi 185
Nagano 544
Tokai
Gifu 752
Shizuoka 613
Aichi 2.772
Mie 341
Kinki
Shiga 330
Quioto 627
Osaka 3.967
Hyogo 1.580
Nara 90
Wakayama 218
Chugoku
Tottori 151
Shimane 208
Okayama 546
Hiroshima 830
Yamaguchi 231
Shikoku
Tokushima 92
Kagawa 354
Ehime 404
Kochi 205
Kyushu
Fukuoka 2.216
Saga 585
Nagasaki 623
Kumamoto 780
Oita 565
Miyazaki 454
Kagoshima 974
Okinawa 1.418
Aeroportos 57
TOTAL GERAL 40.500
Fontes: News Digest e NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Kishida anuncia medidas emergenciais para o aumento dos preços

Publicado em 26 de abril de 2022, em Política

O pacote das medidas emergenciais considerou 4 frentes: sustento das famílias, combustíveis, energia e matérias-primas, além das pequenas e médias empresas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Primeiro-Ministro do Japão, Fumio Kishida, em coletiva de imprensa na noite de terça-feira (ANN)

No começo da noite de terça-feira (26) o Primeiro-Ministro do Japão, Fumio Kishida, realizou uma coletiva de imprensa para anunciar o pacote de medidas emergenciais em face ao aumento dos preços devido à situação na Ucrânia.

Publicidade

Explicou que preparou um orçamento suplementar para este ano e instruiu a prosseguir com o trabalho o mais rápido possível para o estabelecimento na atual Dieta ou Câmara dos Representantes.

1 – Apoio às famílias necessitadas

O governo decidiu alocar cerca de 1,3 trilhão de ienes para apoiar as famílias que enfrentam o aumento dos preços devido às consequências da epidemia do coronavírus e estão com dificuldades para viver.  

Decidiu-se pelo benefício de 50 mil ienes por criança para as famílias isentas do imposto residencial e também as monoparentais. O outro benefício será de 100 mil ienes para as famílias igualmente isentas do imposto residencial. As famílias recém-isentas desse imposto também poderão recebê-lo.

Além disso, estenderá o prazo do subsídio chamado Fundo de Apoio à Independência para as Pessoas Necessitadas (生活困窮者自立支援金, lê-se seikatsu konkyusha dokuritsu shienkin). O subsídio é destinado às pessoas que não podem mais usar o sistema nacional de empréstimos pessoais e há 2 requisitos: comprovar que está procurando uma colocação através da Hello Work e que está com queda ou restrição de renda. 

Para saber mais sobre este subsídio toque aqui para abrir a página web do governo, em japonês.

Mais um subsídio, o de empréstimo emergencial de fundo temporário (緊急小口資金, lê-se kinkyu koguchi shikin), o qual empresta até 300 mil ienes, com carência de 1 ano e prazo de pagamento em 2 anos, também teve o prazo prorrogado até o final de junho. Para saber detalhes desse programa, em português, toque aqui.

2 – Medidas contra o aumento dos preços do petróleo bruto

Para conter o aumento dos preços dos combustíveis, como a gasolina, o governo irá aumentar o subsídio aos distribuidores de petróleo dos atuais 25 ienes por litro para 35 ienes.

Além disso, o pagamento se faz quando o preço médio da gasolina comum ultrapassa 172 o litro, mas será reduzido para 168 ienes.  

Espera-se que estas medidas tenham o efeito de suprimir o aumento do índice de preços no consumidor em cerca de 0,5 ponto.

As empresas de táxi também receberão apoio para conter o aumento de preços do gás usado nos veículos.

3 – Medidas para fornecimento estável de energia, matérias-primas e alimentos

Cerca de 500 bilhões de ienes serão destinados a medidas para o fornecimento estável de matérias-primas e alimentos.

Como medida contra o aumento dos preços do trigo, o governo incentivará os fabricantes a trocar as matérias-primas do trigo importado pelo de produção nacional, arroz e farinha de arroz nacionais, bem como apoio à expansão da produção doméstica de trigo.

Dará suporte aos custos de transporte para aumentar a produção de madeira nacional, a qual tem alta demanda.

Existe a preocupação de que as importações de matérias-primas de fertilizantes químicos da Rússia e de outros países sejam adiadas. Será destinado um subsídio aos fabricantes de fertilizantes para os custos associados à mudança de fontes de importação. Em relação aos preços dos grãos usados ​​para a ração do gado, os pecuaristas poderão contar com um fundo para compensá-los quando esses custos ultrapassarem um determinado nível. 

Em relação aos gases como o criptônio, indispensáveis para a indústria de semicondutores, importados da Rússia e Ucrânia, o governo tomará medidas, como migrar para a produção nacional, para que o fornecimento não seja interrompido.  

4 – Medidas para pequenas e médias empresas

Será alocada uma verba de cerca de 1,3 trilhão de ienes como medida de apoio às pequenas e médias empresas afetadas pelo aumento dos preços das matérias-primas. Também reduzirá as taxas de juros e criará uma linha de empréstimos praticamente sem juros e sem garantia. Além disso, a resposta à crise gerada pela epidemia do coronavírus, será estendida do final de junho até o fim de setembro.

Pedido especial no feriado de Golden Week

“Será um feriado prolongado sem as medidas prioritárias como prevenção de disseminação e estado de emergência pela primeira vez em 3 anos. Mas, devemos continuar alertas. Enquanto tomamos todas as medidas de prevenção e peço sua contínua cooperação, necessitamos recuperar as atividades econômicas.

Antes da viagem de volta à terra natal ou outras, recomendou se vacinar e realizar o teste de PCR ou de antígeno oferecidos gratuitamente pelos governos locais. 

Fontes: ANN e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência