Uniqlo planeja aumentar preços de alguns artigos

O presidente da Fast Retailng, operadora da Uniqlo, disse que é impossível manter os preços se os custos dos materiais aumentarem 50%.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada de uma loja da Uniqlo (banco de imagens)

A Uniqlo poderá aumentar os preços de alguns artigos de vestuário para o outono e inverno deste ano e a primavera e verão de 2023, indicou na quinta-feira (14) Tadashi Yanai, chefe da Fast Retailing, operadora da rede.

Publicidade

É impossível manter os preços atuais” se os custos dos materiais aumentarem 50%, disse o presidente e CEO da Fast Retailing em uma coletiva de imprensa.

“Levando em consideração a atual situação econômica no Japão, não podemos aumentar os preços facilmente”, enfatizou ele, citando que até agora apenas uma pequena porção de itens da Uniqlo ficou mais cara.

Contudo, ele acrescentou que a Uniqlo não pode crescer sem gerar lucros.

A Fast Retailing disse que seu lucro líquido consolidado saltou 38.7% no primeiro semestre do ano fiscal que terminou em fevereiro em comparação ao anterior para ¥146.844 milhões, uma alta recorde para o período de seis meses.

As vendas foram vigorosas nos EUA, Europa e Sudeste Asiático, mas fracas no Japão.

Fonte: Jiji

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Daiso inaugura loja na icônica Ginza no mês que comemora meio centenário

Publicado em 15 de abril de 2022, em Economia

A Daiso Sangyo, a pioneira e a maior do segmento de produtos ¥100, abre uma loja referência com suas 3 marcas em um único piso, na sofisticada Ginza.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Placas da Daiso e Standard Products na nova loja em Ginza, sendo que a ThreePpy não aparece mas está lá (Yomiuri)

A data de 15 de abril, sexta-feira, será mais um marco na história da Daiso Sangyo, pois inaugura a flagship store global em Ginza, Tóquio, o metro quadrado mais caro do Japão

Publicidade

É considerada flagship store ou a loja referência no mundo porque é na área sofisticada da região metropolitana e e são 3 marcas em 1 espaço. Ou seja, a tradicional Daiso de ¥100 mais a ThreePpy e a Standard Products. 

Só na Daiso foram reunidos mais de 23 mil itens, em espaço de 1.650 metros quadrados, claro e clean, baseado na cor branca. Além disso, a nova loja conta com um canto para os produtos ecologicamente corretos. Há uma grande variedade, como a série de louças feitas com bagaço de cana-de-açúcar e também da palha misturada com bambu e ácido polilático, que mesmo descartada não faz mal para o solo. E tudo isso pelo tradicional preço de ¥100. 

Taku Suzuki, diretor da Daiso Sangyo, disse: “Vamos assumir o desafio em Ginza, onde se reúnem marcas de todo o mundo. Queremos atrair uma ampla gama de clientes abrindo três marcas de lojas em um único andar“.  

A flagship store fica no prédio Marronnier Gate Ginza 2, no sexto andar, a dois ou 3 minutos a pé da estação de metrô Ginza (toque aqui para abrir o mapa).

Daiso: 50.º aniversário da rede que mudou hábitos de consumo  

Quem não tem um ou mais produtos da Daiso em casa? Essa rede inovadora atende a todas as camadas sociais com seus produtos que mudaram os hábitos do consumidor.

Quero vender coisas diferentes, boas e que custem ¥100”, foi o início da que hoje é uma cadeia gigantesca de lojas espalhadas pelo Japão e pelo mundo, comemorando 50 anos de atividades. 

O idealizador e empreendedor é Hirotake Yano, hoje com 78 anos. Nascido na China e criado na cidade e província de Hiroshima, tem 7 irmãos e ele é o quinto, o qual seguiu um caminho diferente de seu pai e dois irmãos, todos médicos.

A venda desses produtos começou ambulante, em uma camionete kei, em 1973. Já em 1980 inaugurou a primeira loja em Tóquio, depois em Kyushu, em seguida Osaka e assim foi se expandindo com produtos inovadores e úteis, indispensáveis para as famílias.

Enfrentou as crises globais e nacionais, criou utensílios que ninguém imaginava que pudessem existir e continua fazendo isso ao longo dos 50 anos de existência e crescimento.

Os funcionários fixos dessa megaempresa são 467, mas os colaboradores em todo o mundo são mais de 22 mil, segundo os dados de 2021.

Em 2018 bateu a marca de 5 mil lojas no mundo, incluindo o Brasil, e continua expandindo e diversificando os produtos oferecidos, que chegam a passar de 70 mil itens diferentes. Para quem não quer ir a uma loja física pode fazer compras online.

Fontes: FNN, Yomiuri e divulgação 

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência