Abordado pelos policiais em Aichi resistiu, caiu e morreu

Um homem estava andando de bicicleta quando recebeu um pedido para parar, mas não quis. Caiu na rua e morreu mais tarde.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Japão proibirá importações de petróleo russo ‘em princípio’, diz primeiro-ministro

Publicado em 9 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

A proibição ‘em princípio’ faz parte de uma campanha do G7 para conter a invasão russa à Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Em reunião online do G7, Kishida disse que proibirá as importações de petróleo russo ‘em princípio’ (banco de imagens)

O Japão proibirá importações de petróleo bruto russo “em princípio”, como parte de uma campanha do G7, grupo dos sete países mais industrializados do mundo, para conter a invasão russa à Ucrânia, disse o primeiro-ministro Fumio Kishida em uma reunião online dos líderes dessas nações no domingo (8).

Publicidade

As nações do G7 se comprometeram a proibir ou suprimir as importações de petróleo russo, marcando a mais recente tentativa pelo Ocidente em colocar pressão sobre o presidente Vladimir Putin pela invasão da Ucrânia.

“Para um país fortemente dependente em importações de energia, é uma decisão muito difícil. Contudo, a coordenação do G7 é muito importante em um momento como agora”, disse Kishida, de acordo com uma declaração divulgada pelo governo.

O Japão até agora tem mostrado menos apetite por uma proibição total sobre o petróleo e gás russo, visto que o país pobre em recursos naturais é dependente de importações para manter suas luzes acesas, principalmente desde que desativou a maioria de seus reatores nucleares após a crise de Fukushima em 2011.

A Rússia é o quinto maior fornecedor de petróleo bruto e gás natural liquefeito do Japão.

Fonte: Asia Nikkei

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância