Aumento da tensão entre China e Japão com o Quad

A China manifestou “forte insatisfação” por que o Japão foi o país anfitrião da cúpula do Quad.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Os 4 líderes do Quad, em Tóquio (Yomiuri)

Na noite de terça-feira (24), um representante do Ministério das Relações Exteriores da China manifestou “forte insatisfação e séria preocupação” ao Japão, se referindo às palavras e ações negativas em relação ao país, durante a cúpula do Quad, encontro dos 4 países – Japão, EUA, Austrália e Índia.

Publicidade

A Embaixada do Japão em Pequim anunciou no início da manhã de quarta-feira (25), que “argumentamos que a proposição do lado chinês não foi aceita“.

Além disso, o lado japonês se manifestou dizendo que “expressamos preocupação com as ações unilaterais da China e pedimos ações apropriadas”, se referindo aos bombardeiros chineses e russos ao redor do Japão na terça-feira.

“É uma atividade normal e não tem como alvo nenhum país”, respondeu o diplomata chinês.

Por que a China está incomodada com o Quad

Bandeira da China (ANN)

Na reunião de cúpula do Quad, onde as lideranças do Japão, Estados Unidos, Austrália e Índia, realizada em Tóquio na terça-feira, ficou acordado que a região Indo-Pacífico não permitiria uma mudança unilateral da situação, com a China intensificando o seu movimento de domínio da região. 

Os quatro países do Quad confirmaram a cooperação para a realização de um “Indo-Pacífico livre e aberto“.

A declaração conjunta divulgada após a reunião de 3 horas afirmou que “apoiamos a resolução pacífica de conflitos e a ordem com base em regras internacionais”, sem mencionar a Rússia, já que a Índia é um país próximo.

A declaração também se opõe fortemente às ações intimidatórias, provocativas e unilaterais”, com a China em mente, a qual fortalece sua expansão nos mares do leste e do sul do país. Em relação à Coreia do Norte, que promove o desenvolvimento nuclear e de mísseis, reafirmou sua cooperação para a desnuclearização completa.

Fontes: Yomiuri, ANN e Sankei

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Dezenas de águas-vivas no rio, a 9 quilômetros da praia

Publicado em 25 de maio de 2022, em Curiosidades

Uma variedade de água-viva, foi vista em grupo, no rio, quando ela é um ser que vive no mar. Veja se pode sobreviver.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Medusa da lua, uma variedade da água-viva, vista no rio (RSK)

Um telespectador da emissora RSK fez contato para informar que viu dezenas de águas-vivas no rio, quando fazia sua caminhada. 

Publicidade

O homem relatou que quando viu o primeiro pensou que fosse um lenço de papel descartado, mas ao verificar viu que havia muito mais de um e que se parecia com água-viva. “Havia umas 50 delas”, informou.

A reportagem foi conferir o inusitado, na terça-feira (24), pois a água-viva é um ser que vive em águas salgadas. O encontro com o informante foi na ponte sobre o Rio Asahi, perto do Kouraku-en, na cidade de Okayama (província homônima). E ele mostrou um grupo de águas-vivas, quase transparentes, com cerca de 20 centímetros de diâmetro. 

Várias delas nadando no rio (RSK)

O interessante é que esse local do rio fica a 9 quilômetros de distância da praia. Por isso, a equipe enviou as imagens para uma especialista em águas-vivas, de Yamagata, e a entrevistou online.

Ela disse que pensa que sejam medusas da lua, uma variedade da água-viva, que tem como característica 4 gônadas, parecendo um trevo de 4 folhas, as quais vivem em águas costeiras, com temperaturas de 9 a 19ºC.

A explicação da especialista é que se elas estiverem perto de uma foz podem ter sido levadas pela maré alta para o rio. “Se estão vivas é porque as águas do mar se misturam às do rio. Mas, elas não suportariam ficar muito tempo em água doce”, explicou.

Rio na cidade de Okayama, onde foram vistas (RSK)

Fonte: RSK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância