Bilionários russos fogem para Dubai a fim de evitar sanções

Líderes de negócios envolvidos no setor imobiliário disseram que Dubai parece ser o novo refúgio para bilionários da Rússia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Aquisições de propriedades em Dubai por russos aumentaram em 67% nos primeiros 3 meses de 2022 (banco de imagens)

Oligarcas russos estariam fugindo para Dubai a fim de evitar o impacto de sanções do Ocidente devido à guerra de Putin na Ucrânia.

Publicidade

Os bilionários e empresas que estão fazendo esta mudança parecem estar largando as raízes, com compras de propriedades por russos em Dubai aumentando em 67% nos 3 primeiros meses de 2022, segundo um relatório.

Os Emirados Árabes Unidos não impuseram sanções contra a Rússia e nem criticaram sua invasão à Ucrânia.

Russos não sancionados também estão recebendo vistos nos Emirados, enquanto países no Ocidente os restringiram.

Estima-se que centenas de milhares de pessoas deixaram a Rússia nos últimos 2 meses, embora números exatos não tenham sido disponibilizados, disseram líderes de negócios à BBC.

De acordo com um economista de Moscou, cerca de 200 mil russos haviam deixado o país nos primeiros 10 dias desde o início da guerra.

Um grande número de clientes russos esteve em contato com a Virtuzone, a qual auxilia companhias a estabelecerem operações em Dubai.

O chefe executivo George Hojeige disse que a companhia estava “recebendo cinco vezes mais consultas de russos desde o início da guerra”.

Fonte: The Mirror

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Vice-ministro japonês visita o Brasil, onde conversou sobre visto para ‘yonsei’

Publicado em 6 de maio de 2022, em Brasil

Ele teve uma agenda com os deputados Kataguiri e Lippi em Brasília e, depois, em São Paulo, falou sobre o visto para ‘yonsei’.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Vice-ministro do Japão (centro) ladeado pelos deputados federais Kataguiri e Lippi (Brasil Nippou)

De 1.º a 8 de maio, o Vice-Ministro das Relações Exteriores do Japão, Kiyoshi Odawara, visitou o Brasil e depois seguiu para o México. Durante essa visita, trocou pontos de vista com autoridades governamentais do Brasil e do México sobre o fortalecimento das relações bilaterais e da cooperação no cenário internacional.

Publicidade

No dia 2 reuniu-se com os deputados federais Kim Kataguiri e Vitor Lippi, da Federação Japão-Brasil, em Brasília, para fortalecer ainda mais os laços entre os dois países. Além disso, cumpriu outras agendas na capital brasileira.

Depois seguiu para São Paulo, onde teve encontros com outras autoridades brasileiras.

Vistos para sansei e yonsei

Durante a coletiva de imprensa em São Paulo, o vice-ministro Odawara falou sobre o número pequeno de emissão do visto específico para yonsei (nikkei de quarta geração), além das condições mais rígidas para o visto de sansei (nikkei de terceira geração), para os jovens que desejam trabalhar no Japão.

Disse que conversou com o deputado Kataguiri sobre a identidade nikkei. “Percebi que, diferentemente daqueles que vão ao Japão como estagiários técnicos, os nikkeis buscam suas raízes. Gostaria de discutir esse assunto no Japão, quando retornar”, declarou.

Depois disso, o vice-ministro visitou o Museu da Imigração Japonesa e partiu para o México.

Fontes: MOFA e Diário Brasil Nippou

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância