Coreia do Norte enviou aviões de carga para a China enquanto luta contra pandemia

A viagem rara ocorreu após a China ter prometido ajudar a Coreia do Norte com seu surto de covid-19.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Três aviões de carga norte-coreanos viajaram para a China e voltaram na segunda-feira (16), enquanto o país luta contra um surto de covid-19 que se espalha rapidamente, de acordo com um oficial do governo sul-coreano com conhecimento do assunto.

Publicidade

Os aviões viajaram para o Aeroporto Internacional de Taoxian em Shenyang, na província de Liaoning, no nordeste da China.

Não se sabe o que os aviões estavam transportando, mas a viagem rara ocorreu após a China ter prometido ajudar a Coreia do Norte com seu surto de covid-19, o qual especialistas alertaram que poderia causar uma grande crise humanitária na nação pobre e isolada.

A Coreia do Norte confirmou oficialmente seu primeiro caso de covid-19 na semana passada. Anteriormente ela não havia reconhecido nenhum caso e manteve suas fronteiras fechadas desde janeiro de 2020.

Desde 12 de maio, a Coreia do Norte reportou cerca de 2 milhões de casos de “febre”, com a mídia estatal chamando-os de “grande emergência nacional” e autoridades se apressando para responder.

Após o primeiro caso ter sido anunciado, a China disse que estava pronta para oferecer suporte total como “companheiros, vizinhos e amigos” da Coreia do Norte. Os dois países têm “uma fina tradição de assistência mútua”, disse um porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China.

O governo sul-coreano diz que ofereceu assistência para o Norte, incluindo medicamentos, vacinas e outros suprimentos médicos, mas ainda não teve resposta.

Fonte: CNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Dezoito mil policiais serão mobilizados durante visita de Biden a Tóquio

Publicado em 19 de maio de 2022, em Sociedade

Restrições no tráfego serão impostas na via expressa metropolitana por 3 dias, a partir de domingo (22).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Cerca de 18 mil policiais serão mobilizados em Tóquio para aumentar a segurança durante as visitas de líderes dos EUA, Índia e Austrália para reuniões com o primeiro-ministro japonês Fumio Kishida na semana que vem, disse a polícia nesta quinta-feira (19).

Publicidade

Restrições no tráfego serão impostas na via expressa metropolitana por 3 dias, a partir de domingo (22), quando o presidente dos EUA, Joe Biden, deve chegar para uma cúpula com Kishida na segunda-feira (23) e uma reunião do Quad, em que o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi e o líder do partido que venceu a eleição geral da Austrália nesta semana também participarão, no dia seguinte.

Como o Departamento de Polícia Metropolitana espera que um ambiente internacional tenso em meio à invasão da Rússia à Ucrânia possa aumentar o risco de ataques e interrupções, eles também vão enviar a polícia de choque e uma equipe de segurança para responder a drones, disse um oficial do departamento.

Durante a cúpula do Quad na terça-feira (24), os líderes devem discutir a invasão da Ucrânia pela Rússia, dentre outras questões.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância