Ex-ministro aponta falta de desenvolvimento de abrigos nucleares no Japão

Político aponta que o Japão necessita desenvolver urgentemente bunkers, tanto para proteção de ataque nuclear como de desastres.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bunker em Zichyújfalu (Hungria), na área da estação ferroviária (Wikimedia)

O ex-ministro da Defesa do Japão, político Shigeru Ishiba, do Partido Liberal Democrata, participou do programa de notícias da Fuji TV, Sunday News The Prime, no domingo (1.º), onde afirmou que a expansão dos abrigos nucleares no Japão é peculiar e que há necessidade de começar a fazê-la rapidamente.

Publicidade

Na atual situação onde o presidente da Rússia, Vladimir Putin dá a entender que poderá usar armas nucleares, desde a invasão na Ucrânia, os abrigos nucleares não são difundidos no Japão. 

“Acho que a maioria das pessoas não sabe onde estão os abrigos nos distritos de Minato e Shinagawa em Tóquio e tampouco para onde fugir”, disse Ishiba. 

Político e ex-ministro Ishiba (FNN)

Segundo ele, o governo e o partido no poder necessitam promover a manutenção desses abrigos com consciência dessa sensação de crise. 

Ele também disse que os abrigos podem ser usados ​​não apenas para ataques, mas também para desastres, e enfatizou que “a manutenção dos abrigos é realmente a tarefa mais urgente no momento”.

A taxa per capita de desenvolvimento de abrigos nucleares no Japão é de 0,02%, de acordo com o anúncio de 2014 da Associação de Abrigos Nucleares do Japão. Está significativamente atrás dos 82% nos Estados Unidos e 67% no Reino Unido.

Os abrigos nucleares podem ser subterrâneos ou não, com eficiente sistema de filtragem do ar.

Fonte: FNN

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

UE pode proibir importação de petróleo russo em nova onda de sanções

Publicado em 2 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

Proibição gradual sobre o petróleo russo como parte de uma nova rodada de sanções contra o Kremlin.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Bandeiras da União Europeia e Rússia (banco de imagens)

A União Europeia (UE) vai propor uma proibição gradual sobre o petróleo russo como parte de uma nova rodada de sanções contra o Kremlin por invadir a Ucrânia, disseram fontes no domingo (1º).

Publicidade

A Comissão Europeia, que elabora as sanções para o bloco, está atualmente preparando um texto que poderia ser colocado para os 27 estados membros já nesta quarta-feira (4), disseram diplomatas.

Vários diplomatas disseram que a proibição sobre petróleo foi possibilitada após mudança de opinião por parte da Alemanha, a qual havia dito que a medidas não afetariam muito sua economia.

O chefe de políticas estrangeiras da UE, Joseph Borrell, disse que a Rússia estava intensificando seus ataques na Ucrânia, tornado as novas sanções “absolutamente essenciais”.

A comissão vai propor a introdução da proibição ao longo de 6 a 8 meses a fim de dar tempo para os países diversificarem seus fornecimentos, disseram as fontes.

A proibição exige apoio unânime e poderia falhar, com a Hungria podendo expor forte oposição, já que ela é dependente do petróleo russo e próxima ao Kremlin.

A UE já havia proibido importações de carvão russo, mas a Polônia e os Países Bálticos pediram por um bloqueio do petróleo também.

As importações de gás da Rússia continuarão inalteradas, com a altamente dependente Alemanha prometendo deixar de adquirir o combustível fóssil russo até meados de 2024.

Fonte: Channel News Asia

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância