Fim do prato de ¥100: anúncio de aumento de preços dos sushis

Chegará o fim dos quase 40 anos servindo sushis a partir de ¥100, sem imposto.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Sushis de salmão, yellow tail (hamachi) e salmão com cebolinha (HP)

A empresa operadora da cadeia Sushiro, a qual mudou de nome, passando de Sushiro Global Holdings para Food & Life Companies, anunciou que fará ajustes nos preços a partir de 1.º de outubro deste ano.

Publicidade

Os pratinhos de sushi que atualmente custam ¥110, já com imposto, passarão a ¥120. Assim, se encerra um período da história que começou em 1984, oferecendo os sushis a um preço popular de 100 ienes, sem imposto, durante 38 anos.

Os demais sushis cujos preços são de ¥165 passarão a ¥180 e os de 330 custarão 360 ienes.

A empresa informou que os fatores são o aumento dos preços dos recursos pesqueiros e também dos custos de logística. O presidente Koichi Mizutome disse em uma apresentação de estratégia de negócios que “decidimos que é necessário para proteger a qualidade dos sushis em meio ao aumento de vários custos”.

Relatou que 70% da matéria-prima vem do exterior e as importações vêm ficando caras por causa do lockdown na China e das paralisações constantes nos portos. Além disso, enfrenta falta de mão de obra.

Fontes: Yomiuri, NTV e Gourmet Watch

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Manifestantes jogam tinta vermelha em embaixador russo na Polônia

Publicado em 10 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

Sergey Andreev foi atacado quando visitava um cemitério de guerra na capital polonesa de Varsóvia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O embaixador russo havia ido oferecer flores no cemitério militar soviético na capital Warsaw (Twitter/@adagamov)

Pessoas que protestavam contra a invasão à Ucrânia jogaram tinta vermelha no embaixador da Rússia na Polônia durante sua visita a um cemitério de guerra em Varsóvia.

Publicidade

Sergey Andreev havia ido oferecer flores no cemitério militar soviético na capital na segunda-feira (9), dia que marca a vitória da União Soviétiva sobre a Alemanha nazista durante a 2ª Guerra Mundial.

Vídeos mostram o embaixador rodeado por manifestantes, com alguns gritando “assassino” e “ditador” e outros segurando bandeiras da Ucrânia.

Posteriormente, o embaixador russo disse aos repórteres que ele está orgulhoso de seu país e do presidente. O ministério disse que havia apresentado um protesto junto ao governo polonês.

A Polônia acolheu mais de 3 milhões de pessoas que fugiram da Ucrânia, mais do que qualquer outro país.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância