Mais de 200 casos de varíola dos macacos foram confirmados no mundo

O Reino Unido atualmente tem o maior número de casos confirmados, com 71.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

O número de casos confirmados de varíola dos macacos (monkeypox) chegou a 219 fora de países onde ela é endêmica, de acordo com uma atualização divulgada pela agência de doenças da União Europeia – UE.

Publicidade

Mais de uma dezena de países onde a varíola dos macacos é incomum, a maioria na Europa, reportaram pelo menos um caso confirmado, disse o Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) em uma nota epidemiológica divulgada na noite de quarta-feira (25).

“Essa é a primeira vez que redes de transmissão são reportadas na Europa sem ligações epidemiológicas conhecidas à África Ocidental e Central, onde a doença é endêmica”, disse a nota.

Ela acrescentou que a maioria dos casos foi detectada em homens jovens, autoidentificados como homens que tiveram relações sexuais com homens.

O Reino Unido, onde a aparição incomum da varíola dos macacos foi detectada pela primeira vez no início de maio, atualmente tem o maior número de casos confirmados, com 71.

A Espanha seguiu com 51 casos e Portugal 37. Fora da Europa, o Canadá tem 15 casos e EUA 9.

O risco de contágio é “muito baixo” disse o ECDC no início da semana, mas alertou que as pessoas que tiveram muito parceiros sexuais, independentemente da orientação sexual, estão sob maior risco.

“A apresentação clínica é geralmente descrita como leve”, disse o ECDC, acrescentando que não houve mortes.

No Japão ainda não foram detectados casos da doença, mas o governo aumentou a vigilância.

Fonte: Channel News Asia

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Nike sai da Rússia após suspender operações em março

Publicado em 26 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

Nike se junta a outras grandes marcas americanas, incluindo a McDonald’s e a Starbucks, que cortam relações com Moscou por invadir a Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Fachada de uma loja da Nike em Krasnoyarsk, na Rússia (banco de imagens)

A companhia de artigos esportivos dos EUA, Nike, está deixando a Rússia após suspender operações em março, de acordo com reportagens na quarta-feira (25), uma outra partida simbólica de uma grande marca americana enquanto multinacionais incluindo a McDonald’s e a Starbucks cortam relações com Moscou por invadir a Ucrânia.

Publicidade

Enquanto a Nike tenha fechado temporariamente suas lojas russas no início de março e retirado seu patrocínio do popular clube de futebol Spartark Moscow, várias lojas operadas de forma independente, mas autorizadas, continuaram abertas.

O Inventive Retail Group (IRG), a maior franquia da Nike na Rússia, disse que a marca de artigos esportivos havia suspendido envios e que fornecimentos estavam limitados, de acordo com o jornal russo Vedomosti na quarta-feira.

O IRG, que opera 37 das 56 lojas autorizadas restantes da Nike na Rússia, também disse que a marca não renovou seu contrato ou ofereceu um novo para eles assinarem.

O contrato existente da companhia com a Nike deve expirar nesta quinta-feira (26), segundo o Vedemosti.

A Nike disse à Forbes que tomou a decisão de não renovar ou entrar em novos comprometimentos de negócios na Rússia “devido a desafios operacionais no país”, incluindo acordos com a franquia Up&Run uma subsidiária do IRG.

Fonte: Forbes

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância