Rússia proíbe entrada do primeiro-ministro Fumio Kishida e de outros 62 japoneses

Isso ocorre em retaliação às sanções do Japão contra Moscou pela invasão à Ucrânia.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

A Rússia disse que proibiu indefinidamente a entrada de 62 cidadãos japoneses, incluindo o primeiro-ministro Fumio Kishida, de entrarem no país. Isso ocorre em retaliação às sanções do Japão contra Moscou pela invasão à Ucrânia.

Publicidade

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia fez o anúncio em uma declaração na quarta-feira (4). Os indivíduos específicos também incluem o ministro de Relações Exteriores, Yoshimasa Hayashi, membros do governo e da Dieta, professores universitários e jornalistas.

A declaração diz que Tóquio lançou uma campanha sem precedentes contra a Rússia, tomando medidas para prejudicar a economia do país e autoridade internacional.

Ela segue dizendo que a Rússia decidiu impor a proibição de entrada após levar em consideração as sanções do Japão contra cidadãos russos, incluindo a alta liderança.

As sanções do Japão contra a Rússia incluem o congelamento de ativos de oficiais do governo e das forçar armadas, como Vladimir Putin, assim como suas duas filhas. O Japão também expulsou 8 diplomatas e oficiais russos.

A Rússia também barrou a entrada de oficiais do governo dos EUA e do Reino Unido, incluindo o presidente Joe Biden e o primeiro-ministro Boris Johnson.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Quarta-feira: Menos de 30.000 novos casos de coronavírus no Japão

Publicado em 4 de maio de 2022, em Sociedade

Quarta: leve declínio de novos casos de coronavírus no Japão.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

SARS-CoV-2 (CDC)

O Japão teve 26.469 testados positivo para o novo coronavírus na quarta-feira (4), aumentando a soma cumulativa para 7.986.738 pessoas infectadas nesta epidemia.

Publicidade

As províncias com maiores números são as listadas abaixo.

  1. Tóquio: 2.999
  2. Hokkaido: 2.090
  3. Kanagawa: 1.780
  4. Fukuoka: 1.557
  5. Osaka: 1.545
  6. Saitama: 1.267
  7. Okinawa: 1.201
  8. Hyogo: 1.182
  9. Aichi: 1.127
  10. Chiba: 942

Outras províncias com números preocupantes.

  • Ibaraki: 498
  • Nagano: 320
  • Quioto: 620

Óbitos, recuperações e pacientes em tratamento

O dia teve 19 óbitos, sendo 6 em Tóquio, 5 em Saitama, 2 em Wakayama e Miyagi, 1 em Hokkaido, Aichi, Fukuoka, Aomori e Kagoshima.

São 386,737 pacientes em tratamento, dos quais 160 estão em estado grave.

Em contrapartida, são 7,570,294 pessoas recuperadas da covid.

Veja os dados dos testados positivo, por província no Japão.

REGIÃO
PROVÍNCIA TOTAL
Hokkaido 2.090
Tohoku
Aomori 246
Iwate 221
Miyagi 326
Akita 173
Yamagata 137
Fukushima 319
Kanto
Ibaraki 498
Tochigi 207
Gunma 305
Saitama 1.267
Chiba 942
Tóquio 2.999
Kanagawa 1.780
Hokuriku
Niigata 425
Toyama 133
Ishikawa 493
Fukui 239
Koshin
Yamanashi 105
Nagano 320
Tokai
Gifu 209
Shizuoka 531
Aichi 1.127
Mie 325
Kinki
Shiga 263
Quioto 620
Osaka 1.545
Hyogo 1.182
Nara 350
Wakayama 138
Chugoku
Tottori 58
Shimane 79
Okayama 603
Hiroshima 773
Yamaguchi 170
Shikoku
Tokushima 62
Kagawa 212
Ehime 103
Kochi 150
Kyushu
Fukuoka 1.557
Saga 175
Nagasaki 361
Kumamoto 314
Oita 247
Miyazaki 372
Kagoshima 469
Okinawa 1.201
Aeroportos 48
TOTAL GERAL 26.469
Fontes: News Digest e NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância