Ucraniano de 14 anos morreu tentando alertar vizinhos idosos sobre novo ataque russo

Um corajoso adolescente sacrificou sua própria vida ao correr para avisar seus vizinhos idosos sobre um novo ataque aéreo russo.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Ilustrativa (banco de imagens)

Viacheslav Yalyshev poderia ter corrido para o abrigo antibombas mais próximo quando mísseis caíram na cidade portuária de Odessa na segunda-feira (2).

Publicidade

Mas após ouvir as sirenes de alerta, ele correu para avisar seus vizinhos idosos sobre o ataque iminente. Viacheslav morreu quando dois mísseis atingiram um dormitório e destruíram o telhado de uma igreja próxima.

A família e amigos descreveram o adolescente como brilhante e estudioso e disseram que ele ainda estava se sobressaindo na escola, apesar da guerra intensa na Ucrânia por mais de dois meses.

Viacheslav de 14 anos morreu quando dois mísseis atingiram um dormitório e destruíram o telhado de uma igreja próxima (Daily Mail)

Mesmo com bombas e mísseis caindo, Viacheslav ainda conseguia estudar assiduamente e fazer sua lição de casa no subsolo.

O pai do adolescente, Yevhen Yalyshev, é membro da força aérea ucraniana e veterano do conflito de 2014 no leste da Ucrânia, divulga o Daily Mail.

Ao homenagear seu filho, ele escreveu: “Você é meu herói, você é o herói da Ucrânia”.

Ele disse que o filho estava preocupado que seus vizinhos não teriam apps instalados em seus smartphones para alertá-los sobre novos ataques aéreos.

Referindo-se à morte como “outro golpe para Odessa”, o prefeito da cidade, Gennady Trukhanov disse: “Nunca haverá perdão para aqueles que derramam o sangue de pessoas inocentes, principalmente crianças”.

Odessa contornou amplamente a parte mais pesada da invasão russa, mas as forças de Vladimir Putin aumentaram os ataques sobre a cidade nas últimas semanas.

Fonte: Metro UK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Rússia aumenta ofensiva no leste da Ucrânia antes do Dia da Vitória

Publicado em 5 de maio de 2022, em Notícias do Mundo

O presidente Vladimir Putin estaria buscando demonstrar as conquistas de sua nação antes de 9 de maio, Dia da Vitória.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O ministro da Defesa russo enfatizou que o país estava expandindo seu controle nas províncias de Luhansk e Donetsk (NHK)

As forças militares russas estão aumentando a ofensiva no leste da Ucrânia, antes do dia da vitória da antiga União Soviética sobre a Alemanha nazista em 9 de maio.

Publicidade

O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, enfatizou na quarta-feira (4) que o país estava expandindo seu controle nas províncias de Luhansk e Donetsk no leste.

Ele afirmou que a Rússia já havia tomado controle da cidade de Mariupol e estabilizado uma vida civil pacífica.

O presidente Vladimir Putin estaria buscando demonstrar as conquistas de sua nação antes do aniversário em 9 de maio.

Entretanto, um alto oficial da defesa dos EUA disse na quarta-feira que a campanha militar da Rússia “paralisou amplamente” face à resistência feroz da Ucrânia.

Em Mariupol, acredita-se que centenas de civis ainda estavam presos em uma siderúrgica cercada pelas forças russas.

Em um vídeo divulgado no app de mensagens Telegram, o comandante do batalhão de Azov da Ucrânia descreveu forte derramamento de sangue após forças russas terem invadido a planta.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse em uma mensagem em vídeo que 344 pessoas foram resgatadas da cidade e de seus subúrbios na quarta-feira.

Zelenzky acrescentou que mulheres e crianças ainda estavam em Mariupol e na siderúrgica, e que seu país estava negociando a escapada.

A União Europeia propôs na quarta-feira uma proibição sobre importações de petróleo russo até o fim do ano, como parte de sanções adicionais contra Moscou.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância