Xangai anuncia reabertura gradual dos negócios

Contudo ainda é incerto quando as milhões de pessoas ainda em lockdown na capital Xangai finalmente terão permissão para sair de suas casas.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Uma farmácia na China (ilustrativa/banco de imagens)

Xangai anunciou uma reabertura gradual dos negócios a partir desta segunda-feira (16), embora continue incerto quando as milhões de pessoas ainda em lockdown na capital econômica da China finalmente terão permissão para sair de suas casas.

Publicidade

Confrontada pelo seu pior surto de covid-19 desde o início da pandemia, a China colocou a cidade de 25 milhões sob restrições rigorosas no início de abril.

A estratégia rígida de erradicar casos de vírus a todo custo causou devastação nas redes de fornecimento, arrasou com pequenos negócios e colocou em perigo as metas econômicas do país.

Para muitos residentes de Xangai, alguns dos quais já estavam confinados em suas casas mesmo antes de abril, as frustrações incluíram problemas com fornecimento de comida, acesso a cuidados médicos e centros de quarentena com sistemas severos.

O número de infecções parece estar em declínio, com 1.369 casos reportados no domingo em Xangai, caminho abaixo dos mais de 25 mil no fim de abril.

Fonte: Japan Today

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Cantora ucraniana agradece Kishida pelo suporte do Japão

Publicado em 16 de maio de 2022, em Sociedade

Karol, que foi convidada para visitar o arquipélago por uma companhia japonesa, se encontrou com Kishida em Tóquio nesta segunda-feira (16).

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Karol foi convidada para visitar o arquipélago por uma companhia japonesa e se encontrou com Kishida em Tóquio (NHK)

A conceituada cantora ucraniana Tina Karol agradeceu o primeiro-ministro Fumio Kishida pela ajuda humanitária do Japão ao seu país e pediu por suporte continuado.

Publicidade

Karol, que foi convidada para visitar o arquipélago por uma companhia japonesa, se encontrou com Kishida em Tóquio nesta segunda-feira (16).

Ela foi premiada como a Artista do Povo da Ucrânia em 2017 e recebeu um prêmio de estado das mãos do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky em 2020.

A cantora disse que a Ucrânia foi atacada por escolher a liberdade e que a Rússia estava destruindo cidades pacíficas. Ela enfatizou que seu país está lutando pela paz mundial.

Kishida disse que respeita Karol pelo seu trabalho em difundir a conscientização sobre a situação na Ucrânia através de sua música.

Karol disse aos repórteres que pediu ao primeiro-ministro japonês para não se esquecer da Ucrânia.

Ela citou que Kishida passou a ela uma importante mensagem de que o Japão continuará a dar apoio ao seu país.

Fonte: NHK

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância