Daihatsu anuncia mais paralisação em julho, na planta de Shiga

Pelo atraso de seus fornecedores a montadora será obrigada a suspender a produção novamente em julho.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Rocky produzido na planta de Shiga (HP)

A Daihatsu Motor anunciou na segunda-feira (20) que suspenderá a operação da planta Shiga número 2, situada em Ryuo (Shiga) por um total de 7 dias em julho. 

Publicidade

Informou que a causa é a falta de fornecimento de semicondutores. Não divulgou a quantidade de veículos cuja produção será afetada.  

Segundo o calendário informado, a paralisação será dividida em dois períodos: dias 4 a 8 de julho, depois, 14 e 15 também. 

Essa planta produz carros como o Rocky, Move CanBus ou Tanto mas também o Raize da Toyota Motor, em OEM (Original Equipment Manufacturer), ou seja, fabricante do produto original de outra montadora.

A Daihatsu teve que suspender várias vezes a produção de suas plantas domésticas este ano por causa do lockdown em Xangai, na China, além da contínua escassez dos semicondutores. Espera que em julho isso seja limitado à planta de Shiga.

Fontes: divulgação e Nikkei  

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Cinco navios de guerra da Rússia percorrem de Hokkaido a Okinawa

Publicado em 21 de junho de 2022, em Sociedade

Essas embarcações navegaram na costa do Pacífico do Japão, de ponta a ponta.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

As 5 embarcações russas fotografadas pela Defesa do Japão (NHK)

Segundo informações do vice-chefe de gabinete do governo japonês, Yoshihiko Isozaki, de segunda-feira (20), cinco navios da Rússia, incluindo destroyers e fragatas, passaram entre as ilhas e a cidade de Miyako (Okinawa), no dia anterior, por volta das 16 horas.

Publicidade

Saíram das águas do Oceano Pacífico e se dirigiram para o Mar da China Oriental.

O percurso desses 5 navios militares vem sendo acompanhado em vigilância desde 15 deste mês, quando passaram inicialmente pela costa do Cabo Erimo (Hokkaido).

Depois seguiram pelo Pacífico, margeando Chiba e passaram entre as Ilhas de Izu. Isso significa que contornaram um lado inteiro do arquipélago japonês. 

Percurso em vermelho dos 5 navios, na costa do Pacífico (FNN)

O Ministério da Defesa da Rússia anunciou este mês que realizaria um exercício de grande escala no Oceano Pacífico envolvendo mais de 40 navios e, segundo funcionários do Ministério da Defesa do Japão, acredita-se que essas 5 embarcações tenham participado dessa atividade.

O governo japonês continua analisando a finalidade da navegação e coletando informações, em vigilância com monitoramento usando as aeronaves e navios da Autodefesa Marítima.

Segundo a agência de notícias russa Interfax, um porta-voz da Frota do Pacífico disse na segunda-feira que está sendo realizado um exercício de defesa antiaérea e busca de um hipotético submarino inimigo nas águas do Mar das Filipinas e do Mar da China Oriental.

Um dos navios russos (Defesa do Japão, via FNN)

Fontes: NHK e FNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância