Mais de 800 famílias são afetadas por surto de doença intestinal na Coreia do Norte

O jornal Rodong Sinmun não nomeou a doença ou revelou seus sintomas, mas uma agência de notícias sul-coreana sugere que pode ser febre tifoide ou cólera.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Segundo o Rodong Sinmun, famílias receberam pacotes de medicamentos preparados pela família de Kim Jong-un (banco de imagens)

A Coreia do Norte diz que mais de 800 famílias foram afetadas por um surto de doença intestinal no sudoeste do país.

Publicidade

O jornal do dominante Partido dos Trabalhadores, o Rodong Sinmun, emitiu os relatos em sua edição desta sexta-feira (17). O jornal divulgou sobre o surto que ele chama de “epidemia entérica aguda” pela primeira vez na quinta-feira (16).

As famílias afetadas moram em algumas áreas da província de Hwanghae do Sul, incluindo a cidade de Haeju.

O jornal não nomeou a doença ou revelou seus sintomas. A agência de notícias sul-coreana Yonhap sugere que pode ser febre tifoide ou cólera.

Antes, o jornal havia reportado que famílias nas áreas haviam recebido pacotes de medicamentos preparados pela família de Kim Jong-un. Ele indicou que os moradores choraram quando agradeceram pelo carinho do líder.

Observadores dizem que autoridades norte-coreana estão esperando mostrar que se importam com a população, enquanto continuam a combater a propagação do que pode ser do coronavírus.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

O maior restaurante flutuante do mundo deixa Hong Kong

Publicado em 17 de junho de 2022, em Ásia

O restaurante vinha sofrendo um déficit desde 2013. Propostas foram feitas para salvar o ícone histórico, mas seu alto custo de manutenção desencorajou investidores.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

O colossal Jumbo Floating Restaurant de 3 andares (banco de imagens)

Por volta das 7h de 14 de junho, dezenas de rebocadores chegaram para levar o restaurante de frutos do mar Jumbo Kingdom em Aberdeen Typhoon Shelter em Hong Kong, ao largo da costa sudoeste da ilha. Ele foi movido para um local no exterior que não foi revelado.

Publicidade

Com 260 metros de comprimento, o colossal Jumbo Floating Restaurant de 3 andares era famoso por sua placa gigante em verde e vermelho neon com a escrita chinesa “foon ying gwong lam”, que significa “seja bem-vindo”. Em seu auge, ele era parte do maior restaurante flutuante do mundo.

Por cerca de quase meio século, ele foi a principal embarcação do Jumbo Kingdom, que também incluía a mais velha e menor Tai Pak, uma balsa para tanques de frutos do mar, uma embarcação que funcionava como cozinha e 8 pequenas balsas menores para transportar os visitantes de dois cais próximos.

Nos últimos anos, o Jumbo Floating Restaurante era o único do grupo que estava operacional e aberto para os clientes.

Por ele passaram celebridades incluindo a Rainha Elizabeth II e o falecido Príncipe Philip, Jimmy Carter, Chow Yun Fat, Elisabeth Taylor e Tom Cruise.

“O Jumbo Floating Restaurant deixou Hong Kong hoje”, confirmou a Aberdeen Restaurant Enerprises Limkted, a companhia que detém e opera a Jumbo Kingdom, em uma declaração divulgada após o reboque ter sido concluído.

O fim de uma era

A companhia revelou que o restaurante vinha sofrendo um déficit desde 2013. A pandemia de covid-19 e subsequente lockdown da cidade deram o golpe final.

Em março de 2020, os donos do restaurante disseram que haviam acumulado um prejuízo de cerca de US$13 milhões e anunciaram que o restaurante seria fechado até novo aviso.

Várias propostas foram feitas para salvar o ícone histórico, mas seu alto custo de manutenção desencorajou investidores em potencial.

Fonte: CNN

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância