O verão nem começou e por que mais de 2 mil casos de hipertermia?

Não se pode subestimar as condições do clima no final da primavera. Além dos cuidados com o corpo, há um fator que aumenta o risco de hipertermia. Saiba qual.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

Imagem ilustrativa de sirene de ambulância em dia quente (NHK)

O verão começa oficialmente em 21 de junho mas milhares de pessoas já foram socorridas com hipertermia. É preciso tomar cuidado com a temperatura elevada, mas também com um outro fator.

Publicidade

Segundo a Agência de Gestão de Incêndios do Japão, 2.572 pessoas foram socorridas pelas ambulâncias em todo o país, no período de 25 de abril a 29 de maio.   

Dessas, 3 morreram e 41 foram internadas com sintomas graves, necessitando de tratamento por pelo menos 3 semanas. Segundo a agência, 70% das pessoas socorridas foram diagnosticadas com sintomas leves.

As províncias mais populosas são as que tiveram um maior número de pessoas com suspeita de insolação ou hipertermia, como Osaka, Tóquio, Aichi, Fukuoka, Hyogo, Kanagawa e Saitama.

Socorridos por província, de 25 de abril a 29 de maio (NHK)

Mas também as que tiveram temperaturas elevadas, como Gifu, Gunma, Quioto, Shizuoka e outras. 

A hipertermia pode ocorrer mesmo que não seja no verão, quando o dia fica muito quente, dependendo do ambiente de trabalho e das condições físicas.  

Nos EUA são considerados 3 fatores

O índice de calor criado nos Estados Unidos indica o risco de hipertermia, baseado em 3 fatores: umidade, calor radiante e temperatura. O mais importante deles é o índice de umidade.

O risco de hipertermia aumenta porque o suor não evapora facilmente em locais ou ambientes com elevada umidade, porque o corpo dificulta o escape do calor.

Os dados mostram isso claramente. Em um dia de temperatura de 32,5ºC, o número de pessoas socorridas foi de 50, com índice de umidade de 41%. Quando esse índice sobe para 56% o número de socorridos quase dobrou para 94.

O que fazer?

Bebendo água (NHK)

Por isso, mesmo dentro de casa ou no ambiente de trabalho recomenda-se cuidar do índice de umidade. Durante a estação das chuvas é preciso usar o desumidificador junto com o ar-condicionado ligado. 

No verão é preciso ficar atento a esse índice e usar tanto o umidificador quanto o desumidificador para o controle.

Além disso, os cuidados com o corpo são muito importantes: boas horas de sono, exercício físico, alimentação com proteínas e ingestão de água ao longo do dia.

Se sentir que está com mal-estar não hesite em chamar a ambulância pelo 119.

Fonte: NHK

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

+ lidas agora

> >

Vamos Comentar?

Panasonic vai quadruplicar capacidade de produção de baterias para veículos elétricos

Publicado em 2 de junho de 2022, em Sociedade

A Panasonic espera crescente demanda da gigante de fabricação de veículos elétricos Tesla dos EUA.

Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis! Poderia nos ajudar compartilhando esta página?
Obrigado pela sua opinião! Informaremos os responsáveis para melhorar! Volte sempre!

A Panasonic considera seu negócio de produção de baterias uma área de crescimento (banco de imagens)

A unidade de fabricação de baterias da Panasonic Holdings disse na quarta-feira (1º) que planeja quadruplicar a produção do dispositivo para veículos elétricos (VEs) até o ano fiscal de 2028, visto que ela espera crescente demanda da gigante Tesla dos EUA.

Publicidade

A Panasonic Energy Co., também tem a perspectiva de que vendas atinjam ¥970 bilhões (US$7,5 bilhões) até o ano fiscal de 2024, que termina em março de 2025, alta de cerca de ¥200 bilhões de 2021.

A empresa japonesa considera seu negócio de produção de baterias uma área de crescimento. A Panasonic Energy planeja renovar sua planta na província de Wakayama para começar a produzir em massa sua próxima geração de células de bateria 4680 no ano fiscal de 2023 a serem fornecidas para a Tesla.

A Panasonic também está planejando a produção de baterias e a construção de novas fábricas na América do Norte.

Fonte: News and Culture

.
Passagens Aereas para o Brasil
Casa Própria no Japão
Produtos Brasileiros no Japão
Empregos no Japão - Konishi Sangyo
Fujiarte - Empregos no Japão
FUJIARTE - Empregos no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Apartamentos para alugar no Japão
Empregos no Japão
ISA - Empregos no Japão
Uninter - JAPÃO - Educação a distância
UniFCV Japão - Educação a distância
Kumon - aprenda nihongo por correspondência